terça-feira, 17 de outubro de 2006

Dúvidas... (2)

Vou aproveitar estes minutinhos livres para responder à pergunta sobre a restauração do sistema, lembrando que esse recurso está presente no Windows ME/XP, e que não é exatamente um "túnel do tempo", embora funcione de maneira parecida.
A rigor, essa restauração se vale de uma série de backups do registro que permitem (ou facilitam, melhor dizendo) recuperar configurações válidas anteriores. Em outras palavras, se você enfrentar problemas depois de instalar um software, ou se for infectado por um vírus, poderá tentar "arrumar a casa" revertendo o sistema para um dos pontos disponíveis, que são gerados automaticamente pelo Windows, de tempos em tempos, ou criados manualmente pelo usuário, caso ele saiba como fazê-lo. Mas essa ferramenta tem suas limitações, razão pela qual deve ser considerada como um bote salva-vidas, e não como um barco de resgate.
Para me limitar à dúvida do leitor, quando o sistema é revertido, o regitro assume as configurações que apresentava quando aquele ponto específico foi criado. Isso significa que qualquer modificação feita no registro a partir dali irá perder o efeito. Via de consequência, os programas instalados depois daquela data e hora deixarão de funcionar (na medida em que eles criam e/ou alteram entradas, chaves e valores do registro). Nessas circunstâncias, você deverá reinstalar esses programas, como também as atualizações do antivírus e do próprio Windows (via Windows Update). Deu para entender?
Em outra oportunidade - caso alguém manifeste interesse - a gente volta ao assunto para explicar melhor como usar a ferramenta, como criar pontos de restauração e como apagá-los (porque, com o passar do tempo, eles acabam ocupando muito espaço no disco).
Postar um comentário