domingo, 18 de fevereiro de 2007

Mais segurança "na faixa"

A Ferramenta de Remoção de Softwares Mal-intencionados do Windows não substitui um software antivírus, mas ajuda a remover infecções causadas por malwares específicos — incluindo o Blaster, o Sasser e o Mydoom.
A Microsoft lança uma nova versão dessa ferramenta na segunda terça-feira de cada mês. Se você quiser que ela seja prontamente descarregada e instalada em seu computador, configure o recurso Atualizações automáticas no modo Automático.
Quando o processo de detecção e remoção é concluído, a FRSMI cria um arquivo de registro chamado mrt.log na pasta %WINDIR%\debug. Se for encontrada alguma infeção, você verá um relatório de status na próxima vez que iniciar o sistema.
Para executar manualmente essa ferramenta, use a versão disponível em http://www.microsoft.com/brasil/security/malwareremove/default.mspx (é preciso fazer logon como administrador). Usuários avançados podem consultar o KB890830 para obter uma lista de pragas que ela é capaz de remover, bem como instruções de uso.
Vale lembrar que, por padrão, o programinha irá retornar informações anônimas para a Microsoft sempre que encontrar uma infecção ou erro; e que o artigo citado informa quais os dados específicos serão enviados e como desativar essa funcionalidade. Observe ainda que a ferramenta é multilíngüe (ela exibe automaticamente o idioma correto, dependendo do sistema operacional instalado no seu PC), mas não funciona em versões antigas do Windows (98/ME/NT).
Mais uma vez, bom carnaval a todos.
Aproveitem, porque daqui a pouco a festa acaba.
Postar um comentário