terça-feira, 24 de abril de 2007

Windows Vista - a hora e a vez...

Se você ainda não migrou para o Windows Vista, seja bem-vindo ao clube: estatísticas divulgadas pela Net Applications dão conta de que o novo produto da Microsoft ainda carrega a lanterninha no ranking dos SOs mais populares, onde o XP vence disparado (com 84,3%), seguido pelo Windows 2000 (4,8%). O Vista fica com apenas 1% dos computadores monitoradas pela empresa, perdendo até mesmo para o Win98 (1,5%).
Além disso, os pioneiros são reconhecidos pela flecha espetada no peito. Diversos fatores recomendam aguardar mais um pouco, a começar pelo preço (não só da licença para uso do progrma, mas também do custo das adequações de hardware, conforme a gente já discutiu anteriormente).
O Vista traz diversas novidades interessantes e promete tornar a computação mais fácil e divertida, mas ainda não está "pronto e acabado" (a Microsoft vem analisando o feedback dos usuários para preparar um complemento (pacote de serviços), talvez no final deste ano). Já o XP – com quase seis anos de idade – é um programa sólido e altamente funcional (que deve contar com mais sete anos de suporte e receber um novo pacote de serviços no ano que vem).
Vale lembrar que instalar um sistema novo demanda tempo e dá um bocado de trabalho: é preciso configurar tudo, carregar seus dados, atualizar os aplicativos e adaptar os periféricos. Depois, no caso do Vista, você ainda tem de se acostumar com a localização das novas opções e menus, e descobrir como fazer para desabilitar ou configurar algumas funções particularmente aborrecidas.
Assim, não há porque se sentir como se sua máquina fosse contemporânea do PC da imagem que ilustra este post. A menos que você esteja precisando (ou planejando) comprar um PC novinho em folha, melhor ir devagar com o andor.
E é bom ter em mente que a maioria das máquinas de entrada de linha (mais acessíveis, porque destinadas a usuários iniciantes) costuma vir com o Vista Starter pré-instalado. Essa versão - didática e pródiga em tutoriais - deriva do Home Basic, mas é mais limitada em termos de software e de hardware (permite que apenas 3 aplicativos sejam rodados simultaneamente e não suporta mais que 1 GB de RAM ou discos rígidos com mais de 120 GB). Pense nisso.
Bom dia a todos e até amanhã.
Postar um comentário