sexta-feira, 20 de julho de 2007

Parece incrível, mas...

... os crackers já estão explorando o trágico acidente ocorrido dias atrás com o AirBus da TAM para aplicar seus golpes.
Então, além das consequências óbvias dessa desgraça e do trânsito caótico que vem sendo observado nas proximidades do Aeroporto de Congonhas (eu levei quase duas horas para vir da zona leste até o Brooklyn, na tarde de ontem!), é preciso ficar de orelha em pé também ao gerenciar o correio eletrônico.
Um e-mail falso sobre a tragédia do vôo 3054 da TAM está circulando na Web com o título “Informativo TAM – 21h (17/07/2007)”. O remetente consignado no e-mail é “ouvidoria@tam.com.br e o corpo da mensagem contém informações divulgadas pela imprensa, tais como o número de passageiros e o telefone da assessoria de imprensa da TAM (que é, na verdade, de uma pessoa sem qualquer ligação com a empresa). Ao final, lê-se “Clique aqui para assistir ao vídeo gravado pelo circuito interno da infraero”, mas o link leva a um trojan ("Banload.cdl") que serve para instalar um código malicioso destinado a roubar senhas - código esse que muitos antivírus ainda não conseguem detectar.
Vale lembrar que todo cuidado é pouco quando se trata de acessar links que vêm em mensagens recebidas de desconhecidos. Na dúvida, pouse o mouse sobre o hiperlink (sem clicar) e visualize o endereço para qual você será direcionado.
Abraços a todos e um ótimo final de semana (apesar do frio).
Postar um comentário