segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

Piloto automático

Sabemos como é importante manter o sistema operacional e demais programas devidamente atualizados, não é mesmo? É justamente para isso que os desenvolvedores responsáveis criam e disponibilizam, de tempos em tempos, "patches" (remendos) para seus produtos - ou mesmo novas versões, nas quais, presume-se, os bugs e falhas de segurança até então identificados foram devidamente corrigidos. Enfim, eles fazem a parte deles; cabe a você fazer a sua.
O XP pode baixar e instalar automaticamente as correções críticas desenvolvidas pela Microsoft para o sistema (já vimos como configurar isso em outras postagens), embora não contemple programas de terceiros, que devem ser atualizados a partir dos menus apropriados, caso existam, ou mediante visitas regulares aos sites dos respectivos fabricantes. Mas se você for ocupado demais para se preocupar com esses "detalhes" (eu ia dizer preguiçoso demais, mas achei que não pegaria bem), aqui vai uma boa notícia: a renomada empresa de segurança Secunia oferece gratuitamente um serviço on-line que identifica aplicativos desatualizados.
Não é preciso instalar nada: você só precisa abrir a página http://secunia.com/software_inspector, clicar no botão Start Now, marcar a opção "Enable thorough system inspection" e clicar em Start. Concluída a análise, ao clicar no sinal de mais (+) ao lado das entradas consideradas problemáticas, você terá acesso a sugestões e informações adicionais (em inglês), bem como aos links que remetem a correções ou versões mais recentes dos programas.

Dica: Se quiser experimentar - também gratuitamente - a versão residente desse serviço, siga o link https://psi.secunia.com/ e faça o download do Secunia PCI (RC1). Uma vez instalado, ele cria um ícone na Área de Notificação do sistema e passa a monitorar os softwares, exibindo mensagens com informações relevantes que permitirão corrigir brechas de segurança e outros problemas que tais.

Note que diversos programas podem ser atualizados de maneira incremental, mas existem alguns cujas versões antigas precisam ser desinstaladas manualmente. Como cautela e canja de galinha não fazem mal a ninguém, convém criar um ponto de restauração antes de dar sequência às atualizações, tanto na utilização do serviço on-line quanto na do aplicativo residente.
Até mais ler.
Postar um comentário