segunda-feira, 10 de março de 2008

Desfragmentação "na faixa"

Sabemos que a fragmentação dos dados é uma conseqüência natural do uso do computador e decorre da forma como o Windows organiza os arquivos no HD. Todavia, com o passar do tempo, ela não só torna o sistema fique mais lento - já que as cabeças de leitura do disco precisam trabalhar freneticamente para "remontar" os arquivos na memória -, como provoca erros e travamentos. Assim, é recomendável desfragmentar regularmente seu HD, cois que você pode fazer com a ferramenta nativa do XP (clique em Iniciar > Todos os Programas > Acessórios > Ferramentas do Sistema > Desfragmentador de Disco).
Vale salientar que existem desfragmentadores mais rápidos e eficientes que o do Windows, como o Perfect Disk e o O&O Defrag, por exemplo (sharewares já mencionados aqui no Blog). Mas para quem não quer "pôr a mão no bolso", uma opção interessante é o Auslogic Disk Defrag, disponível em http://www.auslogics.com/en/software/disk-defrag/download e compatível com Windows 2000, XP, 2003 e Vista. Fica aqui a sugestão.
Bom dia a todos e até mais ler.

Em tempo: A Microsoft disponibilizou para o público a mais nova versão do SP3 do XP - ainda não é a final -, que pode ser instalada via Windows Update. Para tanto, é necessário "enganar" o PC, de modo que ele "pense" estar apto a fazer isso (um pequeno arquivo de 38 kB altera o registro do Windows, mudando uma ou duas chaves). O processo não só é chato, mas também demorado: primeiro, você precisa desinstalar qualquer versão anterior do XP SP3 (via Painel de Controle > Adicionar e remover programas”, clicando em Mostrar atualizações e rolando a tela até o final da lista); depois, tem que abrir o Windows Update para pegar as atualizações de segurança que estiverem faltando e, por último, abrir o registro devidamente alterado e também o Windows Update (nesse processo, o computador é reinicializado diversas vezes).
O SP3 é basicamente uma coletânea das correções divulgadas desde 2004, quando a Microsoft liberou o SP2, mas inclui um aprimoramento do gerador de números randômicos (em novembro do ano passado, pesquisadores israelenses afirmaram ser possível explorar uma vulnerabilidade do gerador de números do Windows 2000 para descobrir chaves criptográficas).
Seja como for, o pacote deve chegar em meados deste mês, e talvez seja melhor esperar pela versão definitiva (lembre-se: os pioneiros são identificados pela flecha espetada no peito).
Postar um comentário