quarta-feira, 2 de julho de 2008

PrintScreen

A tecla <PrtScn> permite capturar um "instantâneo" da tela do computador, armazená-lo na área de transferência do Windows e utilizá-lo em outro "local" - dentro da mesma aplicação ou em outro programa qualquer. Esse "objeto" pode ser um bloco de texto, uma planilha, tabela, figura; enfim, o que mais você quiser.
Para enviar um objeto para a área de transferência, dê um clique direito sobre ele e escolha a opção Copiar - ou use o atalho <Ctrl+C>, e para "implantá-lo" em outro local, posicione o cursor do mouse no ponto desejado, dê um clique direito e escolha Colar - ou use o atalho <Ctrl+V> (se sua intenção for remover o objeto do local de origem, utilize a opção Recortar ou o atalho Ctrl+X).
Note que utilizando a combinação <Alt+PrtScr>, o "instantâneo" ficará limitado à caixa de diálogo, tela ou janela ativa no Desktop - ou seja, o plano de fundo e demais elementos serão desconsiderados.
Vale frisar que o Print Screen apresenta diversas aplicações práticas: quando eu elaborava os tutoriais ilustrados dos livrinhos da CGFI, por exemplo, usava-o constantemente para capturar as telas de instalação e configuração dos programas, mas você pode se valer dele ao fazer reconfigurações importantes, capturando as telas passo-a-passo, para facilitar uma eventual reversão das modificações, caso necessário.
Lembre-se também de que é possível retrabalhar as imagem capturadas e salvá-las como arquivos .BMP, .JPG, .GIF, .TIFF, .PNG, etc., seja com o Paint do Windows (que é bem pobre em recursos), seja com outro programa de edição gráfica de sua preferência.

Observação: diferentemente das versões anteriores do Windows, o XP não inclui o "vizualizador da área de transferência" em seu menu Iniciar, mas você pode criar um atalho para ele no Desktop dando um clique direito num ponto vazio da área de trabalho, escolhendo Novo > Atalho, e, no campo de localização, digitando C:WINDOWS\system32\clipbrd.exe. Depois, é só clicar em Avançar e em Concluir.

Até mais ler.
Postar um comentário