quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Fuja dos Keyloggers

Já dissemos que os keyloggers são uma modalidade de spyware destinada a capturar - e enviar para o cracker que dispõem do módulo cliente do programinha - tudo que é digitado na máquina infectada, inclusive informações pessoais e confidenciais do usuário, tais como senhas bancárias e números de cartões de crédito.
Se você utiliza a Internet para compras virtuais e Netbanking, é importante manter sua máquina livre desses espiões, conforme alertamos em diversas postagens (é imprescindível dispor de um arsenal de ferramentas de segurança competentes e atualizadas, bem como fazer varreduras semanais usando serviços on-line oferecidos em sites de segurança, como os da Panda, da Symantec e da TrendMicro).
Outra recomendação básica (e óbvia) é evitar computadores de terceiros - de amigos, de parentes, de lan houses e de cybercafés - na hora de efetuar compras virtuais ou transações bancárias. Há quem sugira utilizar o teclado virtual do Windows ao digitar senhas bancárias e/ou números de cartões de crédito em máquinas menos confiáveis, mas é preciso ter em mente que, além de registrar a atividade do teclado, muitos keyloggers guardam imagens da tela a cada atividade dos programas, bem como capturam as informações enviadas para a área de transferência (quando o usuário utiliza os recursos Copiar/Colar ou Recortar/Colar, por exemplo).
Enfim, caso seja realmente necessário inserir sua senha ou outros dados confidenciais ao operar um computador que não seja o seu (ou mesmo ao usar o seu, se você desconfiar de alguma atividade suspeita), digite essas informações com caracteres a mais e, depois, selecione e delete (usando o mouse) os excedentes.
Supondo que sua senha seja a palavra "dervixe", você pode digitar "derabcdvixe" e remover em seguida os quatro asteriscos correspondentes aos caracteres "abcd". Dessa forma, mesmo que o malware registre a senha, ela estará "disfarçada" e será inválida numa eventual tentativa de utilização não autorizada.
Como se costuma dizer, cautela e canja de galinha nunca fizeram mal a ninguém.
Bom dia a todos e até a próxima.
Postar um comentário