terça-feira, 3 de março de 2009

UTILIDADE PÚBLICA

O Banco Central vem alertando para um novo PHISHING SCAM que utiliza seu logo e convida clientes de diversas instituições financeiras a atualizar um suposto sistema de segurança. Por conta disso, a recomendação é no sentido de que os internautas não copiem arquivos nem preencham formulários ou executem outras tarefas sugeridas por mensagens dessa natureza, e enfatiza que não envia e-mails diretamente a correntistas ou clientes do sistema financeiro nacional, exceto quando responde a demandas específicas.
Quaisquer dúvidas podem ser esclarecidas nas centrais de atendimento do BACEN pelo telefone 0800–979 2345 (ligação gratuita), ou no site http://www.bcb.gov.br/. Barbas de molho, pessoal.

Mais uma: tal e qual os artistas, os vigaristas dependem de criatividade e talento (engenharia social, melhor dizendo) para fazer suas maracutaias. Muita gente está "abrindo as portas" do PC para um cavalo-de-troia que chega por e-mail com a frase “te conheci no carnaval" no campo do assunto; no corpo da mensagem, uma tal Melissa diz o seguinte:
“Ola tudo bem ? Amei ter conhecido você, foi o melhor carnaval da minha vida. Quando você ver (sic) as fotos não vai nem acreditar rsrsrsrrs. (...) Vamos ver que agente (sic) apronta na semana santa, qualquer coisa eu te ligo, to pensando em ir para chacara, se animar me avisa!”
Mas basta você pousar o mouse sobre o anexo de 144 KB (Fotos.zip), para visualizar um endereço bastante sugestivo... A propósito, o endereço de e-mail que aparece no campo "De" (remente) das mensagens que você recebe não é plenamente confiável; quem souber o "caminho das pedras" - ou dispuser do programinha apropriado - poderá mandar o chefe tomar onde as patas tomam, por exemplo, e jogar a culpa naquele colega "mala". Cuidado!

Para encerrar, a partir de hoje os usuários de serviços de telefonia atendidos pelo DDD 11 que quiserem mudar de operadora (fixa ou móvel) poderão fazê-lo sem precisar trocar seu número de telefone. Para tanto, basta ir até a nova operadora, informar que deseja manter o número antigo e passar seus dados para cadastro (não é preciso entrar em contato com a operadora de origem, que, pelo menos em tese, não pode impor restrições restrições à mudança). Note que a portabilidade numérica só se aplica em migrações de fixo para fixo e de móvel para móvel, e dentro do mesmo código de área (você não pode levar seu número da Telefônica para a Claro, por exemplo, nem mantê-lo no caso de habilitar uma linha numa localidade servida por outro DDD). Segundo a ANATEL, as operadoras podem cobrar até R$ 4 pelo serviço, mas a Claro, a Oi, a Vivo e a Telefônica afirmam que farão a migração sem qualquer ônus para os novos clientes.

Bom dia a todos.
Postar um comentário