quinta-feira, 30 de julho de 2009

Panda Cloud e sons do Windows

Com diz um velho ditado, “nem tudo que custa caro é bom e nem tudo que é bom custa caro”. Embora a Web esteja coalhada de inutilitários, quem souber separar o joio do trigo poderá suprir boa parte de suas necessidades, em temos de software, com aplicativos gratuitos que nada ficam devendo a seus equivalentes pagos (assunto, aliás, que já abordamos em diversas postagens).
Passando ao que interessa, a Panda Security está desenvolvendo um novo antivírus baseado em dois módulos - um residente, como nos antivírus convencionais, e outro “na nuvem” -, uma arquitetura inovadora que torna o programa mais leve, eficiente e fácil de usar do que seus concorrentes convencionais.

Observação: O termo “cloud” (nuvem), usado como metáfora para a Internet, referencia recursos que são acessados como um serviço on-line (ou seja, que rodam no próprio navegador).

Baseado no conceito “install and forget” (“instale e esqueça”, numa tradução livre), o Panda Cloud Antivírus atualiza-se e toma decisões de segurança automaticamente, desobrigando o usuário de se preocupar com updates, configurações e outros que tais.
O programinha - ainda em versão Beta - é compatível com o Windows XP e Vista. Para mais informações e download (gratuito. pelo menos por enquanto), visite http://www.cloudantivirus.com/.
Já que esta postagem ficou pequena, vou aproveitar o embalo para dedicar algumas linhas à sugestão do Leonardo - que eu pensei ter atendido na última segunda-feira, mas depois vi que troquei as bolas e foquei o programa errado.
Por padrão, o Windows associa alertas sonoros a determinados eventos, como é o caso dos tradicionais temas de abertura e encerramento, por exemplo, ou daquele “TUM” surdo que acompanha as mensagens de erro. Mas você pode alterar essas configurações de maneira a silenciar os alertas, modificar os sons, contemplar outros eventos e até mesmo criar um esquema personalizado. Veja como:

· Clique em Iniciar > Painel de controle;
· De duplo clique no mini-aplicativo “Sons e dispositivos de áudio”;
· Na janelinha que se abrir, clique na aba “Sons” e examine a lista exibida no campo “Eventos de programa” – o ícone de um pequeno alto-falante antes de um evento indica que um alerta sonoro lhe foi atribuído.
· Clique no ícone que precede o evento desejado e pressione o botão com uma setinha à direita, próximo à caixa “Sons”, para ouvir uma amostra do alerta; se quiser modificá-lo, clique na setinha para baixo, ao lado do nome do arquivo, e selecione uma das opções disponíveis.

Observação: O ícone do alto-falante não irá aparece se nenhum alerta sonoro tiver sido configurado; nesse caso, basta selecionar o evento em questão, clicar na setinha para baixo (ao lado da caixa “Sons”), e então definir o som que mais lhe agradar.

Para atribuir uma musiquinha personalizada (é possível encontrar diversos sons diferentes e bizarros em webpages como http://www.thefreesite.com/Free_Sounds/), primeiro você deve copiar o arquivo sonoro desejado para a subpasta Media, no diretório Windows (note que ele deve ter o formato .WAV). Feito isso, basta repetir os passos anteriores, clicar no botão “Procurar”, localizar o arquivo que você adicionou e proceder à respectiva alteração.
A título de comentário, no tempo em que eu era ligado nessas frescuras, escolhi o tema do tele-seriado “A Supermáquina” para a abertura do Windows - e até que ficou legal, embora a reprodução da musiquinha aumentasse sensivelmente o tempo de inicialização do sistema.
Enfim, o que é de gosto regala a vida.
Um bom dia a todos e até amanhã.
Postar um comentário