terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Arquivos e extensões

Quem leu nosso “Dicionário de Informatiquês” (volume nº 14 da CGFI) sabe que “arquivo”, no âmbito da Informática, conceitua qualquer conjunto de informações armazenadas no disco rígido (ou em mídias removíveis) e identificadas por um nome e uma extensão que determina sua natureza.
O nome dos arquivos é dividido em duas partes, sendo que a extensão - a parte que fica depois do ponto e é composta geralmente por três ou quatro caracteres alfanuméricos (EXE, MPEG, JPG, HTML, MP3, etc.) - define o formato do arquivo e o aplicativo com qual ele foi criado.
Por padrão, o XP esconde as extensões mais comuns, mas você pode (deve, melhor dizendo) modificar essa configuração abrindo o Windows Explorer (ou a pasta Meus Documentos), clicando em Ferramentas > Opções de Pastas > Modo de Exibição, e, no campo das configurações avançadas, desmarcando a opção “Ocultar as extensões dos tipos de arquivo conhecidos”.
Via de regra, basta dar duplo clique sobre um arquivo qualquer para o Windows abri-lo com o programa adequado (DOC com o Word, JPG com um editor de imagens, e assim por diante), mas você pode dar um clique com o botão direito e selecionar a opção Abrir com..., que oferece diversas opções, como abrir um arquivo DOC com o WordPad, por exemplo (note que, conforme a versão do seu sistema, talvez seja preciso manter a tecla Shift pressionada).

Embora o Windows associe automaticamente as extensões aos respectivos aplicativos, há casos em o usuário não dispõe do software em questão - e nem faz idéia de qual programa pode ser utilizado para abri-lo. Nessa situação, o livrinho anteriormente mencionado pode ajudá-lo, mas, na falta dele, o site www.openwith.org/ oferece uma lista de extensões e programas gratuitos capazes de lidar com elas.

Depois de descobrir a que se refere o formato desconhecido, você pode recorrer ao Media Convert (http://media-converter.com/conversor/) para convertê-lo em algo mais “palatável” - embora ele seja focado em padrões musicais, também serve para transmutar praticamente qualquer tipo de arquivo (basta fazer upload e escolher a nova extensão).
Tenham todos um ótimo dia.
Postar um comentário