quinta-feira, 13 de maio de 2010

Dicas rápidas

O Windows dispõe de uma calculadora nativa, que permite fazer desde contas simples até operações matemáticas complexas, e pode ser acessada via Menu Iniciar > Todos os programas > Acessórios > Calculadora – ou simplesmente digitando calc.exe na caixa Executar (clicando no menu Exibir da calculadora, é possível ainda escolher entre as opções Padrão ou Científica). Entretanto, muita gente não sabe que o campo de pesquisas do Google também realiza cálculos, bastando ao interessado digitar os parâmetros desejados e teclar Enter (para dividir 230 por 8, por exemplo, abra a página do Google, digite 230 / 28 e confira o resultado).

Se você carrega uma criação de escorpiões no bolso (mas utiliza uma cópia licenciada do Windows), vai gostar de saber que o Microsoft Security Essentials é gratuito, roda de forma praticamente imperceptível, atualiza-se automaticamente e oferece proteção em tempo real contra vírus, spywares e outras modalidades de softwares mal-intencionados. O programinha é compatível tanto com o XP (32-bit) quanto com o Vista e o Seven (há versões para 32 e 64-bit). Para mais informações e download, clique aqui..

Quem ainda fica confuso na hora de distribuir acentos e hífens sem transgredir as regras do acordo ortográfico da língua portuguesa, que entrou em vigor em janeiro do ano passado, vai gostar de saber que a Microsoft já disponibilizou a atualização para o Verificador Ortográfico, Dicionário de Sinônimos e Verificador Gramatical do Office 2007 (Para mais detalhes e download, clique aqui). Já para quem ainda usa alguma versão mais antiga do Office, o site Ortografia  pode ser de grande ajuda: basta inserir as palavras desejadas e conferir se elas foram grafadas corretamente.

Semanas atrás, falei sobre o “sumiço” do meu drive de DVD e como eu o recuperei através de um script que encontrei num fórum da Web. Desta feita, quem sumiu foi meu botão “Mostrar Área de Trabalho”, e ainda que não me ocorresse de pronto a “fórmula mágica” para resolver o problema, eu me lembrava de já haver publicado qualquer coisa a respeito, de modo que bastou garimpar as postagens mais antigas para encontrar a solução. Então, se esse sumiço misterioso acontecer também com você, clique aqui para reler a postagem de 19 de dezembro de 2007 (sugiro copiar o texto e salvá-lo numa pastinha qualquer; afinal, nunca se sabe).

Até mais ler.
Postar um comentário