sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Eleições 2010 e humor de sexta-feira.

Com o primeiro turno das eleições 2010 daqui a dois dias, mesmo considerando que a falta de carisma dos candidatos torne a disputa tão insípida quanto uma xícara de água morna, achei por bem encerrar a semana com dois excertos extraídos da Revista Veja.

De "CARTA AO LEITOR" (edição 2183), o trecho que me chamou a atenção foi o seguinte:

PASSA DA HORA DE O TECIDO AINDA SADIO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DEMONSTRAR DE FORMA ORGANIZADA E SUSTENTADA MAIOR INDIGNAÇÃO DIANTE DESSES DESCALABROS - ANTES QUE SEJA TARDE DEMAIS. NÃO SE PODE ACEITAR QUE O CALOR GERADO PELOS ALTOS ÍNDICES DE APROVAÇÃO DO PRESIDENTE SEJA EMPECILHO PARA VIGIAR E PUNIR MILITANTES PARTIDÁRIOS QUE, NO PALÁCIO DO PLANALTO, SE ENTREGAM À CORRUPÇÃO. GOVERNAR É BEM MAIS QUE UM CONCURSO DE POPULARIDADE. É A ARTE DE CONSTRUIR O FUTURO, O QUE MUITAS VEZES IMPLICA SER IMPOPULAR NO PRESENTE.

Da seção "LIVROS" (edição 2184), que apresenta AS ENTRANHAS DO LULISMO (Editora Record), uma coletânea de colunas do jornalista Merval Pereira, de O GLOBO:

O LULA QUE EMERGE DO LIVRO DE MERVAL É UM PERSONAGEM EMBEVECIDO COM SUA PRÓPRIA IMAGEM E DETERMINADO A CONSTRUIR AS CONDIÇÕES OBJETIVAS PARA SE PERPETUAR NO PODER (...) CRIANDO UMA CANDIDATA À SUA SUCESSÃO PARA CONTINUAR DANDO AS CARTAS NO GOVERNO. "JÁ SE DISSE QUE O LÍDER POPULISTA SE DIFERENCIA DO ESTADISTA PORQUE O PRIMEIRO PENSA NA PRÓXIMA ELEIÇÃO, ENQUANTO O OUTRO PENSA NA PRÓXIMA GERAÇÃO. LULA É UM POLÍTICO DO PRIMEIRO TIPO, TEM UMA VISÃO DE CURTO PRAZO QUE SUPERA SUAS PREOCUPAÇÕES COM O FUTURO, EXCETO QUANDO SE TRATA DE SI MESMO".

Só não vê quem não quer.
Passemos agora à nossa tradicional piadinha:

Durante uma festa de arromba, o anfitrião grita para a multidão:
-Aê, pessoal, minha piscina é mágica!
A turma, pensando que era delírio do dono da casa, começa a rir. Nisso, o cara sai correndo, dá um pulo na piscina e grita CERVEJA, sai nadando, vai bebendo e, ao sair do outro lado, a piscina volta ao normal.
Entusiasmado, um italiano sai correndo, dá aquele salto e grita: VINHO, sai nadando e bebendo e, quando chega ao outro lado, a água volta ao normal.
Um francês vai lá, dá um pulo para dentro da piscina e grita CHAMPAGNE, e a história se repete.  Daí o Manuel, vibrando de emoção, sai correndo e, quando vai pular, ouve a maria gritar:
- Manoel!!! Estais com o 'celulaire' e a 'cartaira' no bolso!!!
E o português grita PORRA !

Que Deus nos ajude.
Postar um comentário