segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

MOJOPAC

Pegando um “gancho” na post da última quinta-feira, vamos analisar um programinha sugerido pelo Kleber, que promete evitar problemas de privacidade quando da utilização de computadores de terceiros. Trata-se do MojoPac – freeware que “transforma” um pendrive ou outro dispositivo similar num “computador portátil” capaz de executar a maioria dos aplicativos que rodam no XP.
Após baixar os arquivos de instalação (download em http://www.mojopac.com/) e executá-los, o programinha pergunta em que dispositivo (móvel ou rígido) você quer instalá-lo e ajuda a copiar os arquivos e pastas, acrescentar os aplicativos desejados, etc. Ao final, ele exibe a tela de login (que permite usar novamente o assistente de cópia e otimizar aquela porta USB específica para melhor desempenho, em vez de mantê-la configurada para remoção rápida), carrega o ambiente virtual e cria uma barra na parte superior da tela, cujo botão central faz a troca entre o ambiente virtual e o ambiente hospedeiro. Sua área de trabalho é como a de um Windows XP qualquer, mas basta abrir o menu iniciar e o painel de controle para ver que muitas das opções não estão disponíveis/visíveis, já que o Mojo é uma solução de virtualização intermediária entre soluções mínimas, como o SandBoxie, e quase totais, como os programas da VMware.

Observação: O SandBoxie serve para restringir possíveis danos decorrentes da execução de outros programas. Se você abrir um aplicativo útil, mas suspeito, ele o executa numa "caixa de areia", sem "sujar" o Registro e bagunçar o que quer que seja. Já o VMware permite rodar um sistema operacional absolutamente independente dentro de janela do seu sistema nativo (ideal para testar softwares perigosos ou abrir arquivos infectados por malwares, por exemplo), cuja principal vantagem é dispensar a divisão do HD e a inicialização em dual-boot.

A principal vantagem do Mojo é ser leve e criar um ambiente próprio, com aparência e programas próprios. Mas a má notícia é que ele requer privilégios de administrador, e ainda você possa conseguir essa prerrogativa na casa de um parente ou amigo que o hospede durante as férias, por exemplo, dificilmente a obterá em Lan Houses ou Cyber-Cafés (e mesmo que consiga, não estará livre da ação de Keyloggers e Screenscrapers). Já no que diz respeito à ação de vírus e outros malwares, as informações do fórum oficial do Mojo são contraditórias: ora há garantia de isolamento, ora não há.
Enfim, vale a pena saber da existência do programinha (e até conhecê-lo melhor). Quanto a utilizá-lo no dia a dia, aí fica por conta dos propósitos e necessidades de cada um.
Boa semana a todos e até mais ler.
Postar um comentário