quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Seguro morreu de velho...

Final de ano sempre é prenúncio de correria, especialmente para os brasileiros típicos, que têm a bendita mania de deixar tudo para a última hora. Aí, falta tempo para as compras de Natal ou para ir ao Banco antecipar o pagamento das contas (já que, para muitos, final de ano também é sinônimo de férias), e por aí vai. Nesse contexto, a Web pode ser uma grande aliada, já que serviços de net banking e sites de compras online facilitam sobremaneira a nossa vida (desde utilizados de forma segura e responsável).
Então, pra relembrar, jamais acesse sua conta bancária ou faça compras online em máquinas de "Lan Houses" ou "Cyber Cafés". Prefira utilizar seu computador pessoal e, mesmo assim, depois de se assegurar que ele está saudável (livre de vírus, trojans, spywares e companhia bela).
Faça compras online somente em lojas confiáveis (sites como Buscapé Bondfaro, por exemplo, têm um processo de filiação sujeito a aprovação, selos de empresa reconhecida e opiniões e avaliações dos consumidores) e redobre os cuidados em relação a ofertas de produtos difíceis de encontrar ou com preços muito baixos.
Usar cartões de crédito em compras online é tão (in)seguro quanto fazê-lo no "mundo real". Reserve um cartão específico para usar na Web e mantenha o limite dentro do estritamente necessário (para minimizar eventuais prejuízos). Se desconfiar de um site, cancele a transação ou então pague o produto via boleto bancário ou SEDEX a cobrar.

Observação: Mais informações sobre este assunto podem ser encontradas na Cartilha do E-consumidor.

Um ótimo dia a todos e até amanhã.
Postar um comentário