quarta-feira, 30 de março de 2011

Guerra dos navegadores (outra vez)

Cada “reedição” da Guerra dos Navegadores acirra os ânimos dos fiéis escudeiros e detratores figadais deste ou daquele programa. Desta feita, a disputa mais acirrada envolve IE, Firefox – até porque suas novas versões foram lançadas quase que simultaneamente –, embora o Chrome, o Opera e o Safari também venham disputando um lugar ao sol.

Observação: O advento dos browsers foi um dos grandes responsáveis pela difusão da Internet entre “usuários comuns”. As versões para Unix surgiram em 1991, mas o Navigator (lançado pela Netscape em 1994) foi o pioneiro na exibição de textos e imagens postadas em websites – e a ele se deve a consagração da expressão “navegar” como sinônimo de acessar páginas da Web.

Complementando o que foi dito na postagem do último dia 24, a fatia de mercado que cada navegador abocanha varia conforme o momento da apuração e as tendências/preferências dos apuradores, e embora seja consenso que o IE continue em primeiro lugar, é inegável que ele venha caindo sistematicamente, enquanto seus concorrentes diretos não param de subir.
Os adeptos da Microsoft comemoraram 2,35 milhões de downloads do IE9 nas primeiras 24 horas, enquanto os fãs do Ferefox 4 festejaram seus mais de 7 milhões de downloads no dia do lançamento. Mas se a Raposa venceu a “batalha do primeiro dia” (com 10,1 milhões de usuários – aí considerados os downloads das primeiras 24 horas e os mais de 3 milhões que já rodavam o Release Candidate dessa versão), o IE9 contabilizou mais de 40 milhões de downloads antes do lançamento oficial (aí considerados três betas públicos e a versão Release Candidate), o que representa um “empate técnico”.
Vale lembrar, por oportuno, que o Firefox é atualizado automaticamente (ou notifica o usuário da existência de uma nova versão); se o IE9 fosse atualizado da mesma forma – ou empurrado via Windows Update para todos os usuários do IE8 –, esses números certamente seriam diferentes. Isso sem mencionar que o Firefox 4 é multiplataforma, enquanto o IE9 roda somente no Windows Vista e Seven – ficando limitado, por conseguinte, a cerca de 30% do público alvo de seu principal concorrente.
Em face do exposto – e preferências pessoais à parte –, a prudência nos recomenda deixar a coisa rolar por mais alguns meses e então voltar a comparar os números.
Para encerrar, não custa lembrar que se você já está enjoado dessa "briga de foice", existem várias outras opções de navegadores que você pode baixar e conferir. Veja algumas delas:

Opera – Versão 11.0 para Windows 98/Me/2000/XP/2003/Vista;
Safari – Versão 3.1.1 para Windows XP/Vista;
Flock – Versão 1.1.4 para Windows XP/Vista Linux e Mac;
Browzar – Versão 1.4 para Windows 98/ME/2000/XP;
Songbird – Versão 0.5 para Windows 98/Me/2000/XP/2003/Vista;
K-Meleon – Versão 1.1.5 para Windows XP/Vista;
uBrowser  – Windows 98/NT/2000/XP;
Avant Browser – Versão 11.6 para Windows 98/2000/XP/2003;
My First Browser – Windows 2000/XP/Vista.

Bom dia a todos e até mais ler.
Postar um comentário