quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Download de vídeos


Sites como o YouTube popularizaram a publicação de vídeos na Web, e diariamente são postados milhares de novos clipes, trailers de filmes, cenas engraçadas, tutoriais, vídeoaulas, e por aí vai. No entanto, dependendo da qualidade da conexão e do tamanho dos vídeos, pode ser desconfortável assisti-los em tempo real, e aí a solução é salvá-los no computador com o auxílio de programinhas específicos.
Uma opção gratuita, bastante versátil e com interface em português é o aTube Catcher 2.6 (mais informações e download em http://atube-catcher.dsnetwb.com/video). Além de baixar os vídeos, ele permite convertê-los para diversos formatos e juntar vários arquivos num só (o YouTube limita o tempo de duração dos vídeos a 10 minutos, de modo que filmes muito longos podem estar divididos em várias partes).
Caso você não queira adicionar um novo aplicativo ao seu sistema, experimente o WebService disponível em www.download-de-videos.com. Basta localizar o vídeo desejado, copiar o endereço, colá-lo no campo respectivo, clicar em “DOWLOAD”, em “RUN”, e seguir as instruções para o download.
Outra maneira (mais simples) consiste em substituir o “Y” do youtube.com no URL do vídeo em exibição pelo número “3” (http://www.youtube.com/watch?v=PS_cCBkP2Jo, por exemplo, ficaria  http://www.3outube.com/watch?v=PS_cCBkP2Jo). Com isso, seu navegador (qualquer que seja ele) será redirecionado para uma página onde você deverá escolher o formato (MP4 ou FLV) e fazer o download.
Você pode ainda inserir a palavra “kick” antes de “youtube” no URL de qualquer vídeo, forçando a página a exibir uma barra de ferramentas com opções para baixar o conteúdo em MP4, FLV, FLV de alta definição, 3GP (para celular), nas resoluções específicas do iPhone e do PSP e até em GIF animado! Outro recurso útil do KickYouTube é capturar e salvar o áudio dos vídeos como arquivos .MP3, transformando o portal de vídeos em ferramenta para baixar músicas.

Observação: O Windows não é capaz de manipular nativamente arquivos .FLV, usados por padrão pela maioria dos vídeos publicados na Web, mas você pode contornar esse problema instalando um programinha como o RIVA FLV Encoder ou convertendo os arquivos para o formato de sua preferência com o Format Factory.

Um ótimo dia a todos e até mais ler. 
Postar um comentário