segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Ano novo, máquina nova...


Houve um tempo em que cada nova versão do Windows era prontamente adotada pelos usuários, mas o custo do upgrade e “fiascos” como os do Millennium e do Vista deixaram muita gente “de pé atrás”: em que pese o sucesso retumbante do Seven (tanto de público quanto de crítica), há quem continue relutante em abandonar o velho e confiável XP – que continuará sendo suportado pela Microsoft até o início de 2014.
Seja como for, a fila tem que andar, e a evolução justifica o custo e o desconforto inerente ao período de adaptação, mesmo que você seja obrigado a fazê-la mediante a aquisição de uma máquina nova, com o sistema pré-instalado pelo fabricante integrador independente de confiança.
Um ótimo inicio de ano a todos e até a próxima, se Deus quiser.
Postar um comentário