segunda-feira, 14 de maio de 2012

HD - Ganhando Espaço

Cada componente tem sua parcela de responsabilidade na performance global do PC – clique aqui  para rever a velha analogia entre o computador e a orquestra –, e mesmo uma CPU de ponta só será capaz de mostrar todo seu “poder de fogo” se tiver respaldo do chipset, das memórias, do HD, e por aí vai.
Basicamente, o HD é um dispositivo de armazenamento (persistente) de dados cuja velocidade, taxa de transferência, tempo de acesso e tamanho do buffer influenciam diretamente o desempenho do sistema, notadamente quando a escassez de memória RAM requer o uso frequente da memória virtual (para saber mais, clique aqui).
Para trabalhar com folga, o Windows exige que cada drive disponha de 10 a 15% de espaço livre, mas, a despeito de a capacidade dos discos vir crescendo exponencialmente, o gigantismo dos sistemas, programas, arquivos multimídia, vídeos e afins “detonam” esse espaço tão vorazmente quanto um cardume de piranhas devora uma rês. Então, não custa dar um clique direito na sua unidade de sistema, selecionar Propriedades e checar as informações exibidas no gráfico em formato de pizza.
Amanhã a gente conclui; abraços e até lá.
Postar um comentário