sexta-feira, 23 de novembro de 2012

FAX pelo Windows ou pela Web e humor...


A ideia de transmitir documentos através de uma linha telefônica como alternativa ao moroso serviço postal convencional é tão antiga quanto o próprio telefone, mas o FAX (forma reduzida de fac-símile) só se tornou comercialmente viável nos anos 1980, e logo foi desbancado pelo (bem mais versátil) serviço de Correio Eletrônico.
Considerando que algumas empresas e órgãos públicos ainda se recusam a receber documentos por email, mesmo o mais comum dos cidadãos pode precisar enviar (ou receber) uma mensagem de fax, mas isso não justifica a aquisição de um aparelho dedicado, pois o próprio PC pode suprir essa lacuna.
Desde as versões 9x que o Windows inclui um Assistente de fax, mas utilizá-lo requer uma linha telefônica analógica e um fax modem – dispositivo que deixou de integrar os PCs depois da popularização da banda larga. Então, caso você não queira recorrer ao bazar da esquina, o melhor a fazer é usar um serviço online como o WEBFAX, que cobra uma taxa de R$ 2,08 mais um adicional por página (conforme o país do destinatário), que você pode pagar via Paypal ou cartões Visa, Master ou Amex.
Outras opções interessantes são o brasileiro EMAILFAX, pré-pago (os créditos custam a partir de R$ 0,98), que envia faxes para mais de 250 países, e o HELLOFAX, que não cobra as cinco primeiras mensagens – as demais custam US$ 1,99 cada e o plano mensal, que parte de US$ 4,99, inclui 50 páginas e dá direito a um número de fax pessoal para recepção pela Internet.

Passemos agora à piadinha da vez:


Abraços e até mais ler. 
Postar um comentário