quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

DICAS DE NATAL - ULTRABOOKS SAMSUNG SÉRIE 5 ULTRA, CCE F7 e PALHA ITALIANA


Dizia eu em março que pelo menos 15 modelos de ultrabooks chegariam ao mercado tupiniquim até o final do ano, e agora vejo que – a despeito da popularização crescente dos tablets – minha previsão foi até modesta. O preço dos mais sofisticados, no entanto, nada tem de modesto.

Observação: Para os recém-chegados, vale lembrar que esses laptops esbeltos e de peso reduzido (mas que oferecem alto desempenho) são excelentes bons substitutos do PC de mesa e excelentes alternativas aos notebooks tradicionais.

Enfim, se a compra de um portátil estiver nos seus planos natalinos, não feche negócio sem antes conhecer o SAMSUNG SÉRIE 5 Ultra, que tem preço razoável (R$ 2099) a despeito da tela de 13,3" do drive SSD de 16 GB (além do HD convencional de 500 GB), das porta USB 3.0 HDMI e do Windows 7 Home Premium pré-instalado.
Outra boa opção é o CCE F7, que – coisa rara em ultrabooks –, oferece drive óptico, porta Ethernet e conexão USB 3.0, além de ser muito bonito e ter preço competitivo (em torno de R$ 2.000). Para usuários menos exigentes, a CCE (empresa nacional adquirida recentemente pela chinesa LENOVO) oferece também os modelos F5 e F3, que custam R$ 1.600 e R$1.400, respectivamente.
Outra opção econômica 

Vejamos agora como decorar sua mesa de Natal - e agradar seu paladar - com uma deliciosa palha italiana. Os ingredientes são os seguintes:

- 01 lata de leite condensado;
- 03 colheres de (sopa) de chocolate em pó;
- 01 colher de (sopa) de margarina;
- 01 pacote de biscoito de maisena.

O preparo consiste em fazer um brigadeiro mole com o leite condensado, o chocolate e a margarina. Para isso, juntamos esses ingredientes numa panela, levamos ao fogo e mexemos – preferencialmente com uma colher de pau – até que a mistura comece a “desgrudar”. Nesse ponto, desligamos o fogo, acrescentamos a bolacha quebrada em pedacinhos e espalhamos a massa numa forma untada. Quando o doce esfriar, cortamos em quadradinhos e... Enfim, é realmente impossível comer um só!

ObservaçõesSeguir uma receita não envolve grandes mistérios; a “arte”, por assim dizer, está em tentar aprimorá-la e acrescentar um toque pessoal. Eu preparei a palha segundo as instruções do SILVIO AFONSO, poeta e leitor eventual aqui do Blog,, sem mudar uma vírgula sequer –, mas não resisti a fazer uma segunda experiência substituindo a margarina por manteiga, o biscoito maisena pelo Passatempo de leite (da Nestle), e aumentando para 4 colheres de sopa a quantidade do chocolate; fica aqui a sugestão. Aliás, convém usar chocolate mesmo, não achocolatados como Toddy e Nescau, que são muito doces (especialmente se você for polvilhar os quadradinhos com açúcar).

Apreciem com moderação; abraços e até a próxima.
Postar um comentário