sexta-feira, 12 de julho de 2013

DE VOLTA AO WINDOWS 8.1 PREVIEW

Quanto mais presente alguma coisa estiver, menos notaremos a sua presença.

Antes mesmo de o Windows 8 completar nove meses no mercado, a Microsoft lança o Windows 8.1 Preview – a versão final deverá ser liberada até o final do ano –, com novidades que voltadas aos usuários de desktops e que tornam o sistema mais fácil de operar.
Para a alegria dos intrépidos pioneiros – que, como eu sempre digo, acabam sendo reconhecidos pela flecha espetada no peito –, a atualização já pode ser feita, mas é recomendável, antes, ler atentamente os tópicos da página http://windows.microsoft.com/en-us/windows-8/preview-faq.
Dentre diversos aprimoramentos, a versão revista e atualizada do Eight facilita a operação do sistema via mouse e teclado – até porque a maioria dos PCs, tanto de mesa quanto portáteis, não conta com smartscreens e, portanto, não tirar proveito efetivo da Interface Moderna. Outras “correções de rumo” dignas de nota são a volta do Botão Iniciar; a possibilidade de rodar dois apps simultaneamente em tela cheia, lado a lado; o Smart Search (bem mais eficiente que a ferramenta de buscas nativa do Eight); a capacidade de transmitir vídeo sem fio a outros dispositivos (tecnologia Miracast); o suporte nativo a impressoras 3D; novos aplicativos nativos e muito mais.
Enfim, se você já utiliza o Eight, não faz sentido deixar de fazer a atualização, embora a prudência recomende aguardar a chegada da versão final, que, segundo a Microsoft, poderá ser baixada gratuitamente do Windows Store.

Passemos agora ao nosso tradicional humor de sexta-feira:

Durante um bingo em homenagem aos idosos da comunidade, uma das convidadas ganhou um rádio, e, dias mais tarde, enviou aos promotores do evento uma carta de agradecimento. Dizia ela:
"Deus abençoe a vocês pelo lindo rádio! 
Tenho 84 anos e moro em um Lar de Velhinhos, onde divido o quarto com uma companheira de 95 anos.
Durante toda a nossa convivência, essa senhora teve como companheiro um rádio igual a este aqui, mas nunca me permitiu usá-lo quando ela estivesse dormindo ou ausente. Há algum tempo, no entanto, o rádio quebrou, e ela chorou muito.
No domingo passado, quando eu cheguei do bingo, ela me pediu humildemente que lhe emprestasse o rádio que ganhei de vocês. Então, eu olhei bem dentro de seus olhinhos marejados e turvos pela catarata e respondi, igualmente emocionada:
- Nem fodendo, sua velha filha da puta!
Nem sei como agradecê-los por me proporcionarem essa inesquecível oportunidade!"

Um ótimo f.d.s. a todos.
Postar um comentário