quarta-feira, 31 de julho de 2013

PENDRIVES, DISPOSITIVOS USB, PROBLEMAS E SOLUÇÕES

UM MESTRE SÁBIO DEIXA QUE SEUS PUPILOS COMETAM ERROS.

O barateamento da memória flash propiciou a oferta de pendrives de grandes capacidades a preços palatáveis e os transformou na solução ideal para armazenamento externo, backup e transporte de dados, razão pela qual eu achei por bem relembrar alguns cuidados importantes:

·        A menos que você esteja utilizando o pendrive como extensão da RAM (para saber mais, clique aqui), evite mantê-lo permanentemente espetado na portinha USB. Insira-o somente quando necessário, depois que o Windows for inicializado, e remova-o antes de desligar o computador.
·        Conectar o pendrive numa portinha USB não requer esforço – se o plugue não encaixar facilmente, é provável que ele esteja invertido; gire-o em 180º e tente de novo.
·        Remover um gadget USB enquanto o sistema ou algum aplicativo o estiver acessando pode acarretar a corrupção dos dados. Para evitar, clique no ícone respectivo na Área de Notificação, selecione a opção Ejetar e aguarde até que a mensagem “O Hardware pode ser removido com Segurança” seja exibida. Caso você tenha dificuldade em identificar item desejado, abra a pasta Computador, dê um clique direito no ícone correspondente ao drive em questão e selecione a opção Ejetar.

Observação: Se você conecta e troca periféricos USB constantemente, o USB Safely Remove facilita sobremaneira o trabalho, permitindo, inclusive, utilizar atalhos de teclado.

·        Não tem paciência para seguir esses passos? No XP, em Meu Computador, dê um clique direito sobre o drive USB, clique em Propriedades > Hardware, dê duplo clique sobre a entrada desejada, clique em Diretivas e marque a opção Otimizar para remoção rápida. No Seven, essa configuração é padrão, mas pode ser alterada manualmente – menos nas versões Starter e Home Basic, pois a aba Diretivas (ou Políticas) não é exibida. Feito o ajuste, você pode desconectar o gadget assim que o led pare de piscar.

É raro, mas pode acontecer de o Windows exibir a mensagem: “Este dispositivo está sendo usado no momento. Feche os programas ou janelas que possam estar usando o dispositivo e tente novamente”. Aí, se fechar todos os aplicativos não resolver, tecle Ctrl+Shift+Esc e tente solucionar o por lá. Se não der, dê um clique direito em explorer.exe e clique em Finalizar Processo. Em seguida, clique em Arquivo > Nova Tarefa, digite explorer.exe tecle Enter. Se nem assim resolver, desligue o PC e remova o pendrive.
Supondo que esse problema se torne recorrente, baixe e instale o freeware Unlocker (escolha a versão de 32 ou 64 bits, conforme seu sistema). Ele foi projetado para auxiliar na exclusão de arquivos que o Windows não permite apagar porque estão em uso, mas também ajuda na remoção de drives. 
Outra excelente opção para dominar processos ou programas insubmissos é o SuperF4: depois de instalá-lo, basta digitar Ctrl+Alt+F4 – ou pressionar a tecla com o logo do Windows combinada com F4 e levar o ícone da caveirinha com duas tíbias cruzadas (como nas bandeiras dos piratas) até a janela do programa, dar um clique e pronto: ele será encerrado no ato, esteja travado ou não.

Abraços e até mais ler.
Postar um comentário