terça-feira, 10 de setembro de 2013

TODAS AS EDIÇÕES DO WINDOWS 7

NEM TUDO QUE RELUZ É OURO, NEM TUDO QUE BALANÇA CAI .
Para quem tenciona comprar um PC com o Seven – a despeito da insistência da Microsoft em forçar a adoção do Eight –, a melhor opção à luz do custo benefício é a Home Premium, preferencialmente de 64-bits, que é capaz manipular bem mais memória RAM do que as de 32-Bits.
Para quem não sabe (ou não se lembra), o Seven é disponibilizado em seis edições, mas somente a Home Premium, a Professional e a Ultimate estão disponíveis mundialmente no varejo.
As opções Starter Edition e Home Basic, destinadas a “países emergentes”, têm suas licenças vendidas em lotes (OEM) para fabricantes de PCs, que as instalam em seus modelos de entrada de linha. A primeira não conta com a variante de 64-Bits, não integra o Aero e é extremamente restritiva em termos de personalização (nem o Plano de Fundo da Área de Trabalho você consegue trocar sem o auxílio de programinhas de terceiros; a segunda, embora não seja lá “uma Brastemp”, é menos restritiva, mas fazem falta as Diretivas de Grupo, o Aero e mais uma porção de “mimos” oferecidos pelas “irmãs maiores”.
O Windows 7 Enterprise destina-se ao mercado corporativo e é vendido através de licenciamento por volume a empresas que mantêm contratos específicos com a Microsoft, ao passo que as opções Professional e Ultimate são encontradas tanto no varejo quanto pré-instaladas em máquinas de configuração mais robusta (e preço mais salgado). No entanto, ainda que possam ser utilizadas no âmbito doméstico sem qualquer problema, elas embutem recursos que a maioria de nós acabará ignorando ou subutilizando.

Observação: Se seu PC veio com uma edição do Seven que não lhe satisfaça, o Windows Anytime Upgrade pode ser a solução. Basta adquirir uma chave do Windows Anytime Upgrade em lojas de suprimentos de informática credenciadas pela Microsoft, clique em Iniciar, digitar anytime na caixa de buscas e, na lista de resultados, clicar em Windows Anytime Upgrade e seguir as instruções. Note porém que só é possível atualizar de uma versão de 32 bits para outra de 32 bits ou de uma versão de 64 bits para outra de 64 bits. Além disso, essa modalidade de atualização não contempla todas as versões do Seven e a aquisição online da licença só é possível em determinados países (para mais detalhes, clique aqui).


Um ótimo dia a todos.
Postar um comentário