sexta-feira, 25 de abril de 2014

SMARTPHONES - COMO PROTEGER SEUS DADOS

QUEM QUER, FAZ. QUEM NÃO QUER, MANDA.

Às vezes me custa crer que os tijolões pesados e limitados dos anos 90 se transformaram nos smartphones esbeltos e diligentes de hoje em dia, que passaram de caros símbolos de status a verdadeiros computadores de bolso que nem os mais ousados ficcionistas dos anos 60/70 chegaram a profetizar.
Por outro lado, quanto mais informações essas belezinhas armazenarem, maior a dor de cabeça no caso de perda ou furto, razão pela qual, além de recursos capazes de rastrear o aparelho e apagar remotamente sua memória, convém manter um backup das configurações, contatos e outros que tais.
No Android, é possível fazer o backup com o Wondershare Mobile Go for Android; no iPhone ou no iPad, o iTunes se encarrega do serviço sempre que o aparelho for conectado ao PC ou à rede sem fio (apenas iOS 5); e no Windows Phone, o Zune sincroniza (gratuitamente) arquivos entre o smartphone e o PC, e vice-versa.

Observação: Diversos desenvolvedores de antivírus dispõem de versões para smartphones (para conferir, digite os termos adequados no campo de buscas do Blog ou reveja esta postagem), sem mencionar que a maioria das operadoras se propõe a fazer backups dos dados e/ou torná-los indisponíveis mediante um custo adicional na conta que fica em torno de R$ 5,00.

Passemos agora ao nosso tradicional humor de sexta-feira:

Certa vez, Lula estava andando pelas ruas de Brasília com a Dilma: 
-Dilma, olha lá! Aquela é a Petrobras! Será a maior produtora de petróleo do mundo! 
-Olha lá, Dilma! Aquela é a Eletrobras! Será a maior produtora de energia elétrica do mundo! 
-Olha lá! Aquela é a Emobras! Será a maior produtora de...! Dilma, o que a Emobras produz mesmo? 
-Lula! Aquela é uma placa de aviso! "Em obras!"


E VIVA O POVO BRASILEIRO!
Postar um comentário