quinta-feira, 8 de maio de 2014

CRAPWARE e etc... (parte 3)

HÁ DUAS MANEIRAS DE VIVER A VIDA: COMO SE NADA FOSSE POR MILAGRE, E COMO SE TUDO FOSSE POR MILAGRE.

Muitos desenvolvedores têm a decência de informar os usuários da existência de adwares e outros PUPs em seus programas, além de facilitar a respectiva eliminação durante a instalação – razão pela qual eu recomendo enfaticamente acompanhar o processo tela após tela. Ainda assim são grandes chances de a gente levar gato por lebre, e em muitos casos as medidas corretivas são bem mais complicadas do que as preventivas. Para piorar, cada caso é um caso, e o mesmo remédio não cura todos os males. Mas se as alterações levadas a efeito pelo PUP afetarem somente o navegador, tente o seguinte:
  • No Chrome, pressione o botão com três barras horizontais (no canto superior direito da barra de endereços), clique em Ferramentas > Extensões e no pequeno ícone da lixeira, à direita da extensão que você deseja remover. Clique então no link Configurações (na coluna superior à esquerda da página) e desfaça as modificações nos campos Iniciação e Pesquisa.
  • No IE, abra o menu Ferramentas, clique em Gerenciar Complementos e, em Tipos de Complemento, desfaça as alterações em Barra de Ferramentas e Extensões e em Provedores de Pesquisa. Feito isso, selecione Opções da Internet e, na guia Geral, resgate sua página inicial no campo HOME PAGE.
  • No Firefox, clique no botão Firefox (em vermelho, no canto superior esquerdo da tela), selecione Complementos > Extensões e desfaça as alterações. Ao final, arraste a página que você deseja usar como homepage e solte-a no ícone da casinha, à direita da Barra de endereços.
Se o problema persistir, recorra àquele ponto de restauração do sistema que você criou antes de instalar o aplicativo que lhe rendeu o PUP. Se não funcionar, tente os dois pontos imediatamente anteriores. Se nem assim funcionar, abra o Painel de Controle, clique em Programas e Recursos > Desinstalar ou alterar um programa, selecione o intruso, clique em Desinstalar e, ao final, reinicie o computador

Observação: Melhor ainda é utilizar um desinstalador de terceiros, como o Revo Uninstall Free, ou as ferramentas oferecidas por suítes como o CCleaner ou o Advanced System Care Free, que fazem um serviço mais primoroso. Aliás, esse último conta ainda com um módulos específico para desinstalar barras de ferramentas e plug-ins.

Note que alguns PUPs são de uma rebeldia a toda prova, e mesmo depois de desinstalados – e até depois da remoção dos aplicativos que os trouxe ao sistema – impedem o resgate da página inicial e/ou do mecanismo de buscas. Mas para não estender demais este texto, vamos deixar para tratar disso amanhã.
Abraços e até lá.
Postar um comentário