segunda-feira, 7 de julho de 2014

SERVIDOR PROXY, PRIVACIDADE e NAVEGAÇÃO ANÔNIMA.


TODA A VIOLAÇÃO À VERDADE NÃO É SOMENTE UMA ESPÉCIE DE SUICÍDIO DO EMBUSTEIRO, MAS TAMBÉM UMA PUNHALADA NA SAÚDE DA SOCIEDADE HUMANA.

Dias atrás, “do nada”, o Advanced System Care 7 e corolários como o IObit Malware Fighter e a Driver Booster ressuscitaram no meu sistema como Lázaro no milagre de Cristo, só que não após quatro dias sepultados, mas sim uma semana depois de desinstalados. Para piorar, a partir daí tanto o Chrome quanto o IE deixaram de abrir webpages, embora meu cliente de email continuasse funcionando normalmente.
Conforme já vimos em outras oportunidades, situações como essa costumam decorrer de problemas com o DNS, mas desta feita a mensagem de erro apontava o Proxy como culpado pelo imbróglio.

Observação: O Proxy é um servidor que funciona como intermediário entre o browser e a Internet. Esse recurso é mais utilizado no âmbito corporativo do que no doméstico, e se destina a melhorar o desempenho da navegação e filtrar alguns tipos de conteúdo da Web e softwares mal-intencionados.

Devido ao avançado da hora, eu simplesmente restaurei o sistema, conferi o sucesso do procedimento e deixei para cuidar do egum mal-despachado na manhã seguinte, com o auxílio do Comodo Programs Manager, que precisou reinicializar o PC para forçar a remoção de alguns itens mais teimosos. Como seguro morreu de velho, alterei as configurações de Proxy e configurei meu browser padrão (Chrome) para, sempre que convocado, abrir uma janela anônima em vez da normal

Para desativar o uso do Proxy:

1-   Abra o Chrome, clique no botão com três linhas horizontais sobrepostas, no canto superior direito da Barra de Endereços, e selecione Configurações.
2-   Role a página até o final, clique em Mostrar configurações avançadas e, no campo Rede, clique em Alterar configurações de Proxy.
3-   Na janela que se abrir em seguida (Propriedades da Internet), clique em Configurações de LAN, desmarque todas as caixas de verificação, confirme em OK, feche todas as janelas e reinicie o navegador. Se ainda assim você não conseguir navegar, reinicie o computador.

Para fazer o mesmo no IE:

1-   Abra o navegador, clique no menu Ferramentas e em Opções da Internet.
2-   Clique na aba Conexões e no botão Configurações de LAN.
3-   Na janelinha que se abrir, desmarque todas as caixas, confirme OK e reinicie o navegador. Se ainda assim você não conseguir navegar, reinicie o computador.

Para abrir uma janela anônima no Chrome, use o atalho de teclado
Ctrl+Shift+n. Para que o programa assuma esse comportamento por padrão, faça o seguinte:

1-   Clique em Iniciar > Todos os Programas e localize a entrada correspondente ao Chrome.
2-   Clique com o botão direito na entrada em questão e, no menu suspenso, escolha Enviar para > Área de trabalho (criar atalho).
3-   Dê um clique direito no atalho recém criado e selecione Propriedades.
4-   Clique na aba Atalho e, no campo Destino, no final do endereço, dê um espaço e digite --incógnito, de modo que a coisa fique assim:  C:\Users\Nome\AppData\Local\Google\Chrome\Application\chrome.exe” --incognito. 

 OBSERVAÇÃO: Sempre faça logoff antes de realizar suas buscas no Google; se você estiver logado, seu e-mail será exibido no canto superior direito da página inicial do buscador, das páginas de resultado ou de qualquer página do Google que você acessar. Note, porém que o logoff evita a associação direta entre você e suas buscas, mas não a associação entre seu IP e outras informações. Para prevenir isso e tornar sua navegação realmente anônima recorra a ferramentas como o ANONYMIZER.


Se tiver tempo e jeito, assista ao clipe a seguir:



Um ótimo dia a todos.

Postar um comentário