sexta-feira, 25 de julho de 2014

WINDOWS 7 - VISUALIZADOR DE EVENTOS E HUMOR DE SEXTA-FEIRA

A ESPERANÇA É A GRANDE FALSÁRIA DA VERDADE.

Por mais que façamos manutenções preventivo/corretivas no PC e o mantenhamos devidamente atualizado e protegido contra pragas digitais, é inexorável: mais hora, menos hora teremos que reinstalar o sistema a partir do zero (a menos que troquemos de máquina antes disso, naturalmente).
Por outro lado, há diversas maneiras de tentar procrastinar a “hora da verdade” – embora a reinstalação fique mais simples e intuitiva a cada nova versão do Windows, é impossível negar que ela seja um processo trabalhoso e aborrecido. Afinal, mesmo que tenhamos feito a lição de casa e disponhamos de backups atualizados e de uma imagem do sistema, sempre teremos um ou dos dias de trabalho pela frente para atualizar o Windows e seus componentes e os programinhas não-Microsoft, além de instalar outros aplicativos de que não dispúnhamos quando da criação da imagem.

Observação: Verifique regularmente se a Restauração do Sistema está ativa e operante no seu PC; conforme vimos em outras oportunidades, ela não é infalível, mas pode quebrar um galhão.

Quando consegue sair da sinuca de bico, muita gente já se dá por satisfeita e não se preocupa em rever os lances que levaram até ela, mas tendemos a tomar novamente o caminho errado quando não somos capazes de identificá-lo a tempo. No caso do Windows, o Visualizador de Eventos pode ser uma mão na roda, pois monitora cada ação realizada pelo computador e relata eventuais problemas encontrados, colocando os mais recentes no início da lista.
Então, se tivermos uma ideia de quando o sistema começou a claudicar, pressionamos as teclas Windows+R, digitamos eventviwer.msc na caixa de buscas do menu Executar e teclamos Enter. Na tela do visualizador, no painel à esquerda, expandindo Logs do Windows e clicando em Aplicativos, comandamos a exibição da lista de eventos, na qual devemos garimpar as entradas identificadas com um triângulo amarelo ou com um símbolo de erro em vermelho que correspondam ao período sob suspeição e clicar sobre cada uma delas, para ver se as informações que serão exibidas indicam uma possível relação com a falha em questão.

Passemos agora ao nosso tradicional humor de final de semana:


E ouçam quem sabe das coisas, cambada, que o pior cego é aquele que se recusa a enxergar:



Um ótimo final de semana a todos.
Postar um comentário