sexta-feira, 29 de agosto de 2014

DE VOLTA AO CRAPWARE/BLOATWARE e distinta companhia.

NO BRASIL, QUEM TEM ÉTICA PARECE ANORMAL.

Visando garantir a competitividade de seus produtos, os fabricantes de PCs trabalham com margens de lucro reduzidas, e não raro aumentam seus ganhos pré-instalando versões DEMO, TRIAL ou FREE de softwares de utilidade no mínimo discutível. Demais disso, esses programinhas ocupam espaço e, se configurados para pegar carona na inicializado do Windows, disputam memória e ciclos de processamento com aplicativos realmente úteis, razão pela qual devem ser removidos o quanto antes.
Se você precisar de ajuda para garimpar os intrusos, baixe o DECRAP; caso se ache capaz de fazer a faxina por conta própria, use o REVO UNINSTALL FREE, o ASHAMPOO MAGIC UNINSTALL ou o IOBIT UNINSTALLER 4 BETA, por exemplo, que proporcionam resultados mais aprimorados do que o dos desinstaladores nativos dos aplicativos.

Observação: Dentre outras vantagens, o uso da banda larga permite reduzir substancialmente a instalação de programas, pois a gama de serviços online – que rodam a partir do navegador e proporcionam basicamente os mesmos resultados que os freewares – vem crescendo a cada dia.

Mas o pior mesmo é a inclusão de módulos indesejáveis nos arquivos de instalação dos softwares que baixamos da Web, que se estende até mesmo pelas atualizações de programas supostamente insuspeitos, como veremos no post da próxima segunda-feira. Até lá, ria com a piadinha e assista  aos vídeos a seguir:

Esta foi o e-presidente que colocou na porta do prédio onde morava, em SBC, quando estava de mudança para o palácio do planalto;







Abraços e até mais ler. 
Postar um comentário