segunda-feira, 22 de junho de 2015

WINDOWS 7 - NOVAS DICAS, TRUQUES E MACETES

DEUS CRIOU O MUNDO EM 6 DIAS PORQUE NÃO TINHA NINGUÉM PERGUNTANDO QUANDO IA FICAR PRONTO.

O Seven sopra hoje sua sétima velinha a contar da data em que foi disponibilizado para empresas; no varejo, o lançamento oficial se deu quatro meses depois. E o faz do alto de sua invejável popularidade: segundo o GS.STATCOUNTER.COM, essa festejada versão do Windows arrebanha 54% dos PCs em todo o mundo, enquanto o Mac OS e as distribuições Linux não chegam a 10% e a 2%, respectivamente (aliás, muita gente que relutou em abandonar o confiável XP hoje se arrepende de não ter migrado antes). 

Observação: Ironicamente, os maiores concorrentes do Windows 7 são seu sucessor (8.1 com 15,5%) e seus antecessores (XP e Vista, com 11,2% e 2%, respectivamente). É mole?

Parabéns à mamãe Microsoft pelo sucesso de mais esse ilustre rebento, e votos de que o próximo consiga substituí-lo à altura, coisa que o Eight não conseguiu fazer e nem conseguirá, já que estamos a pouco mais de um mês da chegada do Windows 10.

Considerando que os consumidores já não adotam novas versões do Windows simplesmente pelo fato de elas estarem disponíveis, é provável que continuemos a conviver com o Seven por mais um bom tempo, razão pela qual as postagens desta semana serão dedicadas a algumas de suas muitas “sutilezas”, até porque, por mais que o conheçamos, vira e mexe somos surpreendidos por dicas “inéditas” de personalização e configuração. Confira:

·   Por padrão, a pasta COMPUTADOR do Seven não exibe o Painel de Controle e a Lixeira do sistema. Para visualizar esses itens (e mais uma seleção de subpastas pessoais), clique no menu Organizar, selecione Opções de pasta e pesquisa, marque Mostrar todas as pastas, clique em Aplicar e confirme em OK. Caso queira exibir também os drives que não estão em uso (como um leitor de cartões de memória vazio), clique na aba Modo de exibição, marque a opção Ocultar unidades vazias na pasta Computador e dê OK.

·   Se os ícones exibidos da Área de Trabalho lhe parecerem grandes ou pequenos demais, gire a rodinha (scroll) do mouse enquanto mantém pressionada a tecla Ctrl e veja o resultado.

·   Quando um aplicativo deseja chamar a atenção do usuário, o botão que o representa na barra de tarefas pisca três vezes. Se você acha pouco, saiba que é possível aumentar o número de piscadelas mediante uma rápida incursão pelo Registro do Windows. Para tanto, pressione Win+R, digite regedit na caixa de diálogo do menu Executar (*), tecle Enter, expanda a chave HKEY_CURRENT_USER e a pasta CONTROL PANEL, localize e dê duplo clique em DESKTOP, repita o procedimento em ForeGroundFlashCount, selecione a opção Decimal e insira o número desejado.

(*) Por padrão, o menu Executar deixou de ser exibido no menu Iniciar do Seven ─ talvez porque a caixa Pesquisar ofereça praticamente a mesma funcionalidade. Embora ele possa ser convocado através da combinação de teclas Win+R, é bom saber que é possível resgatá-lo facilmente, bastando, para tanto, dar um clique direito no botão Iniciar, selecionar Propriedades, clicar na aba Menu Iniciar, pressionar o botão Personalizar, marcar a caixa de seleção ao lado de Comando Executar e confirmar em OK. Se preferir, fixe a caixa Executar na Barra de Tarefas. Basta dar um clique direito na barra em questão e, em Barras de Ferramentas e marcar a opção Endereços.

Amanhã tem mais, pessoal. Abraços e até lá.
Postar um comentário