sexta-feira, 31 de julho de 2015

WINDOWS 10 - MAIS SOBRE O MAIS NOVO REBENTO DA MICROSOFT

O BOM GENERAL SABE QUANDO RETROCEDER PARA ESTAR VIVO NA PRÓXIMA BATALHA.

Como dizia Vinicius de Moraes, não há nada como o tempo para passar, e depois de longa espera e um bocado de informações desencontradas, a nova edição do SO para PCs mais usado em todo o mundo finalmente chegou ao mercado. Comercialmente falando, sua grande diferença em relação às edições anteriores é a gratuidade do upgrade para usuários de cópias licenciadas do Seven, do Eight e de smartphones com a versão móvel do sistema – desde que o façam no prazo de um ano contado a partir do lançamento oficial (29/07).

Conforme eu adiantei em outras oportunidades, a evolução será disponibilizada gradualmente para os eleitos (“em ondas”, nas palavras da Microsoft), até porque atender simultaneamente cerca de 1 bilhão de computadores via download exigiria muuuuuuita largura de banda. Então, se você ainda não recebeu os arquivos de instalação, seja paciente. Eu já recebi os meus, mas ainda não instalei – e se você também tenciona esperar mais um pouco, não deixe de acessar as atualizações automáticas (Painel de Controle > Sistema e Segurança > Windows Update > Alterar configurações) e, em Atualizações importantes, selecionar a opção “Baixar atualizações, mas permitir que eu escolha quando instalá-las”.

Observação: A política de atualizações do sistema, que era feita mediante pacotes de correções lançados toda segunda terça-feira de cada mês (Patch Tuesday) ou sempre que uma vulnerabilidade especialmente preocupante fosse descoberta (mais informações em Patch Tuesday e Atualizações Automáticas) deve se tornar mais dinâmica. Demais disso, a Microsoft informa que não será mais possível gerenciar as atualizações automáticas (pelo menos de maneira direta, através da interface do novo sistema, que virá configurado, por padrão, para baixar e instalar os remendos à medida que eles forem sendo disponibilizados – aliás, essa estratégia pode “eternizar” o Windows 10, pois dispensa o lançamento de novas edições em intervalos regulares, como vem sendo feito desde sempre.

Costumeiramente, eu recomendaria esperar o lançamento do SP1 (primeiro Service Pack, que corrige todos os bugs identificados desde o lançamento do programa), porém, como dito parágrafos atrás, o Windows 10 não terá Service Packs, de modo que fica difícil dizer a partir de quando a migração será considerada “segura”. Mas uma coisa é certa: os pioneiros são reconhecidos pela flecha espetada no peito.

Observação: A Microsoft treinou mais de 100 mil varejistas e preparou dezenas de milhares de revendedores em todo o mundo para ajudar as pessoas na atualização para o Windows 10 (a mídia de instalação estará disponível a partir de meados do mês que vem, e os preços sugeridos são de R$ 329,99 para a versão Home e R$ 559,99 para a PRO). As lojas participantes do programa (Microsoft, FNAC e FAST SHOP, dentre outras), fornecerão a seus clientes um serviço técnico especializado de atualização, pelo qual cobrarão apenas uma “pequena taxa”.

Mesmo que você tenha recebido os arquivos de instalação (ou que venha a recebê-los dentro dos próximos dias), segure sua onda e mantenha-se informado sobre o “andar da carruagem”. Embora seja possível – e até provável – que alguns usuários enfrentem problemas na transição, isso deve ser a exceção, não a regra. Se você estiver mesmo disposto a arriscar, veja se o seu equipamento atende às exigências do novo sistema (pode ir se preparando para substituir impressora, escâner ou multifuncional, a menos que o modelo em uso seja recente e conte com drivers adequados), se você é capaz de viver sem o WMC e se aplicativos que usa no dia a dia continuarão funcionando, ou, na pior das hipóteses, que já existam substitutos capazes de preencher as lacunas. E não deixe de providenciar um backup dos seus arquivos pessoais e uma imagem do sistema atual (isso pode ser feito tanto com os recursos nativos do Seven quanto com apps de terceiros, como o MacriumReflectFree).

Observação: Tenha em mente que a Microsoft continuará disponibilizando correções e atualizações para o Seven SP1 e para o Eight.1 até janeiro de 2020 e de 2023, respectivamente, e mesmo quem usa a malfadada edição Vista terá suporte até abril de 2017. Então, para que a pressa?

Passemos agora ao nosso tradicional humor de sexta-feira:

Homem descasado procura:

Homem de 40 anos, que só gosta de mulher, (kkk), após casamento de sete anos, mal sucedido afetivamente, vem, através deste anúncio, procurar mulher, que só goste de homem, (hehe) para compromisso duradouro, desde que esta preencha certos requisitos:
O PRETENDIDO exige que a PRETENDENTE tenha idade entre 28 e 40 anos, não descartando, evidentemente, aquelas de idade abaixo do limite inferior, descartando as acima do limite superior.
Devem ter um grau razoável de escolaridade, para que não digam, na frente de estranhos: 'menas vezes', 'quando eu si casar', 'pobrema no úter', 'eu já si operei de apênis', 'é de grátis', 'vamo de a pé', 'môo, adoro tar com ocê', vou te amostrar, devia ter trago, e outras pérolas gramaticais.
Os olhos podem ter qualquer cor, desde que sejam da mesma e olhem para uma só direção.
Os dentes, além de extremamente brancos, todos os 32, devem permanecer na boca ao deitar e nunca dormirem mergulhados num copo d'água.(essa pegou pesado)
Os seios devem ser firmes, do tamanho de um mamão papaia, cujos mamilos olhem sempre para o céu, quando muito para o purgatório, nunca para o inferno. (putz, fodeu).
Devem ter consistência tal que não escapem pelos dedos, como massa de pão.
Por motivos óbvios, a boca e os lábios devem ter consistência macia, não confundir com beiço.
A barriga, se existir, muito pequena e discreta e não um ponto de referência.
O PRETENDIDO exige que a PRETENDENTE seja sexualmente normal, isto é, tenha orgasmos, se múltiplos melhor, mas, mesmo que eventuais, quando acontecerem, que ela gema um pouco ou pisque os olhos, para que ele se sinta sexualmente interessante. Independentemente da experiência sexual do PRETENDIDO, este exige que durante o ato sexual a PRETENDENTE não boceje, não ria, não fique vendo as horas no rádio relógio, não durma ou cochile.
O PRETENDIDO exige que a PRETENDENTE não tenha feito nenhuma sessão de análise, o que poderia camuflar, por algum tempo, uma eventual esquizofrenia.
A PRETENDENTE deverá ter um carro que ande, nem que seja uma Brasília, ou que tenha dinheiro para o táxi, uma vez que, pela própria idade do PRETENDIDO, ele não tem mais paciência para levar namorada de madrugada para casa.
Enviar cartas com foto recente de corpo inteiro, frente e costas da PRETENDENTE para a redação deste jornal, para o codinome: 'CACHORRO MORDIDO DE COBRA TEM MEDO ATÉ DE BARBANTE'.

Resposta da Pretendente, publicada dias após, no mesmo periódico Cearense:


Prezado HOMEM DESCASADO.
Li seu anúncio no jornal e manifesto meu interesse em manter um compromisso duradouro com o senhor, desde que (é claro) o senhor também preencha outros 'certos' requisitos que considero básicos! Vale lembrar que tais exigências se baseiam em conclusões tiradas acerca do comportamento masculino em diversas relações frustradas, que só não deixaram marcas profundas em minha personalidade porque, 'graças a Deus', fiz anos de terapia, o que, infelizmente, contraria uma de suas exigências!
Quanto à idade convém ressaltar que espero que o senhor tenha a maturidade dos 40 anos e o vigor dos 28 e que seu grau de escolaridade supere a cultura que porventura tenha adquirido assistindo aos programas do 'Show do Milhão'...!
Seus olhos podem ser de qualquer cor desde que vejam algo além de jogos de futebol e revistas de mulher pelada. E seus dentes devem sorrir mesmo quando lhe for solicitado que lave a louça ou arrume a cama. Não é necessário que seus músculos tenham sido esculpidos pelo halterofilismo, mas que seus braços sejam fortes o suficiente para carregar as compras. Quanto à boca, por motivos também óbvios, além de cumprir com eficiência as funções a que se destinam, as bocas no relacionamento de um casal devem servir, inclusive, para pronunciar palavras doces e gentis e não somente: 'PEGA MAIS UMA CERVEJA AÍ, MULHER!'. A barriga, que é quase certo que o senhor a tenha, é tolerável, desde que não atrapalhe para abaixar ao pegar as cuecas e meias que jamais deverão ficar no chão. Quanto ao desempenho sexual espera-se que corresponda ao menos polidamente à 'performance' daquilo que o senhor 'diz que faz' aos seus amigos! E que durante o ato sexual não precise levar para a cama livros do tipo: 'Manual do corpo humano' ou 'Mulher, esse ser estranho'!
No que diz respeito ao item alimentação, cumpre estar atualizado com a lista dos melhores restaurantes, ser um bom conhecedor de vinhos e toda espécie de iguarias, além de bancar as contas, evidentemente. Em relação ao carro, tornam-se desnecessários os trajetos durante a madrugada, uma vez que, havendo correspondência nas exigências que por ora faço, pretendo mudar-me de mala e cuia para a sua casa... meu amor!!!
Assinado: A COBRA.

Era isso, pessoal. Bom final de semana e até mais ler.
Postar um comentário