sexta-feira, 4 de setembro de 2015

SMARTPHONE ─ NÃO DÊ MOLEZA PARA VÍRUS OU PARA OS AMIGOS DO ALHEIO

TOLICE É REPETIR A MESMA AÇÃO VEZ APÓS OUTRA ESPERANDO OBTER RESULTADOS DIFERENTES.

Quando a telefonia móvel deu as caras aqui por aqui, os celulares eram “tijolões” caros e desajeitados, que serviam apenas para fazer/receber chamadas por voz (isso quando funcionavam). Com o passar do tempo, essa belezinhas não só diminuíram de tamanho e preço, mas também cresceram em recursos e funções, e ainda que as tarifas cobradas no Brasil estejam entre as mais caras do mundo, o número de linhas móveis há muito que superou o de telefones fixos.

Da mesma forma que os tablets, os smartphones são computadores em miniatura. O fato de eles "precisarem comer muito feijão" para substituir os PCs convencionais (clique aqui para mais detalhes) não os torna menos susceptíveis à ação de pragas digitais, e como os sistemas operacionais mais populares são também os mais visados pelos malfeitores digitais, a conclusão é óbvia.

Observação: No Brasil, 77,28% dos tablets e smartphones utilizam o Google Android (o sistema da Apple fica em segundo lugar, com 15,97%, e o da Microsoft, em terceiro, com 3,86%). Aliás, para quem gosta de números, fechamos 2014 com 280,73 milhões de linhas ativas de telefonia móvel (75,8% pré-pagas). Entre as principais operadoras, a VIVO conta com 28,7% da preferência dos usuários, seguida de perto pela TIM (26,9%), pela Claro (25,3%) e pela Oi (18,1%).

Felizmente, existem soluções (inclusive gratuitas) para inibir a ação dos malwares (saiba mais clicando aqui e aqui). Só que essas pestes não são as únicas (e nem as maiores) ameaças que pairam sobre os diligentes telefoninhos: segundo uma matéria publicada no portal G1, esses gadgets encabeçam o ranking dos objetos mais cobiçados pelos "amigos do alheio". Para se ter uma ideia, no ano passado a SSP-SP registrou quase 14.000 ocorrências envolvendo celulares ou 19 por hora, e isso só na capital!

O preço elevado e a facilidade na revenda são os grandes responsáveis pelo interesse dos bandidos. Aliás, uma matéria que eu publiquei em 2009 já recomendava aos leitores que anotasse e guardassem em local seguro o IMEI de seus aparelhos, de maneira que, em caso de perda, furto ou roubo, fosse possível pedir à operadora não só o bloqueio do chip (SIM Card), mas também do hardware.

Observação: O IMEI (International Mobile Equipment Identity) é a "impressão digital" do seu telefone e consta da nota fiscal e/ou da etiqueta de identificação que vem na embalagem. Se você não tem mais caixa do produto e jogou fora a nota fiscal quando o prazo de garantia expirou, tecle *#06# e anote o número que será exibido no display. 

De uns tempos a esta parte, o IMEI passou a ser exigido no BO, para que a própria autoridade policial possa providenciar o bloqueio do hardware. Espera-se que isso venha a desestimular as quadrilhas especializadas, pois aparelhos bloqueados só têm utilidade para receptadores que comercializam componentes de procedência duvidosa.

E como hoje é sexta-feira:

VOCÊ SABE QUE ESTÁ VIVENDO NO SÉCULO XXI QUANDO:

1. Você acidentalmente tecla sua senha no microondas.
2. Há anos não joga paciência com cartas de papel.
3. Você tem uma lista de 10 números de telefone para falar com sua família
de 3 pessoas.
4. Você envia e-mail ou MSN para conversar com a pessoa que trabalha na mesa
ao lado da sua.
5. A razão porque você não fala há muito tempo com alguns de sua família é
desconhecer seus endereços eletrônicos.
6. Você usa o celular na garagem de casa para pedir a alguém que o ajude a
desembarcar as compras.
7. Todo comercial de TV tem um site indicado na parte inferior da tela.
8. Esquecendo seu celular em casa, coisa que você não tinha há 20 anos, você
fica apavorado e volta buscá-lo.
10. Você levanta pela manhã e quase que liga o computador antes de tomar o
café.
11. Você conhece o significado de naum, tbm, qdo, xau, msm, dps ...
12. Você não sabe o preço de um envelope comum;
13. Para você ser organizado significa, ter vários bloquinhos uma agenda
eletrônica ou coisas do tipo;
14. A maioria das piadas que você conhece, você recebeu por e-mail (e ainda
por cima ri sozinho...);
15. Você fala o nome da firma onde trabalha quando atende ao telefone em sua
própria casa (ou até mesmo o celular!!);
16. Você digita o "0" para telefonar de sua casa;
17. Você vai ao trabalho quando o dia ainda está clareando com preguiça,
volta para casa quando já escureceu de novo;
18. Quando seu computador pára de funcionar, parece que foi seu coração que
parou;
19. Você está lendo esta lista e está concordando com a cabeça e sorrindo.
21. Você está concordando tão interessado na leitura que nem reparou que a
lista não tem o número 9;
21. Você retornou a lista para verificar se é verdade que falta o número 9 e
nem viu que tem dois números 21;
22. E AGORA VOCÊ ESTÁ RINDO CONSIGO MESMO...
23. Você já está pensando para quem você vai enviar esta mensagem ...
24. Provavelmente agora você vai clicar no botão "Encaminhar"... é a
vida...fazer o quê... foi o que eu fiz também... Feliz modernidade...


Na terça a gente conclui. Bom feriadão, abraços e até lá.
Postar um comentário