quinta-feira, 26 de novembro de 2015

TESTE A EFICÁCIA DO SEU ANTIVÍRUS

ENQUANTO UNS CHORAM, OUTROS VENDEM LENÇOS.

Há tempos que navegar na Web passou de bucólico passeio no parque para safári selvagem, e manter um arsenal de defesa (composto por antivírus, firewall, anti-spyware, etc.) ativo e operante é o mínimo que se espera de qualquer internauta responsável.

Uma das maneiras de conferir a confiabilidade do antivírus é criar uma falsa ameaça e observar a reação da ferramenta. Para tanto, dê um clique direito num ponto vazio da Área de Trabalho, selecione Novo, clique em Documento de Texto. Abra então o novo documento de texto (deixe o nome como está, já que ele não irá interferir no resultado do teste), copie o código X5O!P%@AP[4\PZX54(P^)7CC)7}$EICAR-STANDARD-ANTIVIRUS-TEST-FILE!$H+H*, cole-o no arquivo e feche o dito cujo.

Caso o seu antivírus não impeça o salvamento e dê conta do risco de infecção, dê um clique com o botão direito sobre o arquivo e comande a verificação manualmente. Se nada acontecer, recorra ao EICAR – que funciona a partir de uma sequência de caracteres que os antivírus consideram como código malicioso, mas que não oferecem risco para o computador (para realizar o teste, experimente baixar os arquivos EICAR COM, EICAR TXT, EICAR COM ZIP e EICARCOM2 ZIP; se seu antivírus se fingir de morto, substitua-o com a possível urgência). Se ainda assim sua ferramenta de segurança continuar se fazendo de desentendida, substitua-a com a possível urgência por um programinha mais eficiente (confira algumas sugestões na postagem de amanhã).

Abraços a todos e até mais ler.
Postar um comentário