sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

ANTIVÍRUS - CONFIAR DESCONFIANDO - VIRUSTOTAL

TODO CIRURGIÃO CARREGA DENTRO DE SI UM PEQUENO CEMITÉRIO, AO QUAL COMPARECE DE TEMPOS EM TEMPOS PARA FAZER UMA ORAÇÃO.

Vamos supor que você receba um e-mail com um anexo suspeito, mas a curiosidade o impeça de apagá-lo sem mais aquela. Precavido, você arrasta o anexo para sua área de trabalho, clica sobre ele com o botão direito e comanda uma varredura com seu antivírus e seu anti-spyware  é claro que você tem essas ferramentas instaladas em seu computador, e que elas estão devidamente atualizadas e bem configuradas, não é mesmo?).

Se, a despeito do "nada consta" de seus softwares de segurança, você continuar cismado — e curioso —, o melhor é obter uma segunda opinião sobre o anexo suspeito, coisa que pode ser feita facilmente em http://www.virustotal.com/pt/, onde um serviço gratuito permite verificar (com mais de 50 ferramentas diferentes) se um arquivo está infectado. Note que é preciso ter paciência, pois os arquivos são checados “por ordem de chegada”, e em momentos de maior a demanda os resultados da análise podem demorar um bocado. 

Para facilitar, você pode enviar o arquivo suspeito por email (e receber a resposta em sua caixa postal; para mais detalhes, siga este link), e se quiser incrementar ainda mais sua segurança, instalar uma extensão que fiscaliza os downloads antes de os arquivos serem descarregados (para mais informações, clique aqui).

E como hoje é sexta-feira:




Um casal vinha por uma estrada do interior sem dizer palavra. Uma discussão anterior havia levado a uma briga, e nenhum dos dois queria dar o braço a torcer. Passando diante de uma fazenda em que havia mulas e porcos, a mulher perguntou, sarcástica:
- Parentes seus?
- Sim - respondeu ele. - Cunhados e sogra...

Para ver a reação do marido, uma mulher escreveu em um papel: "FUI EMBORA, NÃO VOLTO MAIS." Escondeu-se então embaixo da cama e esperou. Quando chegou, o marido viu o papel, e escreveu alguma, assoviou alegremente, pegou o celular e ligou para alguém:
- Amor, estou indo agora. A louca foi embora. Estou a caminho!!
Assim que ouviu o carro se afastar, a mulher saiu de baixo da cama e leu o que ele escreveu: "CONSIGO VER SEUS PÉS. FUI BUSCAR PÃO."


Um ótimo f.d.s. a todos e até a próxima.
Postar um comentário