segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

WI-FI FRACO EM ALGUNS CÔMODOS DA CASA? VEJA COMO RESOLVER

RARAS VEZES EXISTE COERÊNCIA ENTRE O QUE NOSSOS POLÍTICOS DIZEM E O QUE ELES FAZEM.

O Windows suporta redes domésticas desde a versão 3.11, conquanto esse recurso não se tenha tornado muito popular em residências; primeiro, porque só recentemente a figura do “COMPUTADOR DA FAMÍLIA” cedeu espaço para o modelo atual, onde cada membro tem sua própria maquina; segundo, porque o advento da tecnologia wireless facilitou sobremaneira a interligação de dispositivos computacionais sem aquela tradicional macarronada de cabos e quebradeira de paredes.

Com um roteador wireless estrategicamente posicionado, é possível acessar a Internet de qualquer ponto da casa, usando qualquer gadget que ofereça esse recurso (desktop, notebook, tablet, e-reader, smartphone, etc.). Havendo largura de banda suficiente para o compartilhamento do sinal não se tornar um teste de paciência, você pode conferir meus pitacos sobre o cenário político tupiniquim confortavelmente aboletado no sofá da sala, enquanto a “dona da pensão”, na cozinha, segue minhas receitas (na comunidade de gastronomia) em seu tablet, e o filhote, na rede da varanda, lê minhas dicas de informática em seu smartphone, por exemplo.

Observação: Vale lembrar que posicionar o roteador num ponto central e elevado em relação ao piso minimiza a ocorrência de “áreas de sombra”, embora paredes, móveis e outros obstáculos físicos possam comprometer a qualidade do sinal em determinados cômodos. Curiosamente, no entanto, esse mesmo sinal que “some” no seu quarto ou na varanda pode chegar firme e forte à casa ao lado ou a outros apartamentos do edifício (mesmo vários andares acima ou abaixo).

Mas não basta ter um bom plano de banda larga e um roteador wireless poderoso para suportar o streaming do filme em HD e os múltiplos dispositivos sem fio de cada usuário. É preciso também driblar os "pontos cegos" do Wi-FI, e para isso a D-Link oferece Repetidores Wireless Powerline, que se valem da tecnologia PLC (do inglês Power Line Communication) para transmitir o sinal através da fiação elétrica, fazendo com que uma simples tomada se torne um ponto transmissor de internet Wi-Fi. Para mais informações, basta seguir este link. Afinal, o Natal está aí, e ninguém melhor do que você para se dar um bom presente útil e adequado às suas necessidades.

Um ótimo dia a todos e até mais ler.
Postar um comentário