sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

WINDOWS 10 ― MENU INICIAR

NO APERTO E NO PERIGO É QUE SE CONHECE O AMIGO.

Depois de ter sido suprimido no Eight, o menu Iniciar foi restabelecido no Windows 10, e tanto pode ser convocado através do botão respectivo, à esquerda da barra de tarefas, quanto pela tecla Windows (identificada pela logomarca do sistema). Por padrão, ele se abre no canto inferior esquerdo da tela, mas é possível alterar esse comportamento facilmente: basta desbloquear a barra de tarefas (dê um clique direito num ponto vazio da barra e desmarque a opção “Bloquear a barra de tarefas”) e, mantendo o botão esquerdo pressionado sobre a dita-cuja, arrastá-la para a borda superior ou para uma das laterais da sua área de trabalho, a gosto do freguês (a posição escolhida definirá o canto da área de trabalho no qual o menu passará a ser exibido).

Quem migrou para o Ten a partir do malsinado Windows 8 não levará muito tempo para se ambientar com o novo menu Iniciar, que, além de exibir as tradicionais entradas para os aplicativos utilizados com frequência, a lista Todos os aplicativos e atalhos para outros locais no computador, como Explorador de Arquivos e Configurações, conta agora com os “live tiles” (ou blocos dinâmicos) que de início parecerão estranhos para quem veio do Seven, mas logo se mostrarão úteis, intuitivos e fáceis de usar.
Importante ressaltar que o novo menu Iniciar dá margem a um vasto leque de personalizações. Vejamos algumas delas:

― Para desafixar ou editar um bloco dinâmico, dê um clique direito sobre ele para abrir o menu suspenso e selecione a opção desejada.

― Por padrão, os blocos são exibidos em grupos; clique na parte superior do grupo para remover ou editar o respectivo nome.

― Para reposicionar um bloco, clique sobre ele e arraste-o até a posição desejada; para reposicionar um grupo de blocos, clique no botão à direita do nome e arraste-o para a nova posição.

― Para adicionar atalhos ao menu Iniciar, arraste-o da lista à esquerda para o interior de um dos grupos ― ou para fora dos grupos existentes, se quiser criar um novo grupo.

― Para ajustar a largura e a altura do menu Iniciar, posicione o ponteiro na borda superior ou lateral da tela; quando ele assumir a forma de uma seta de duas pontas, arraste-o para a direita, para a esquerda, para cima ou para baixo, até chegar ao tamanho desejado.

― Também é possível fazer alguns ajustes adicionais através do painel de controle. Abra o menu Iniciar, clique em “Configurações”, escolha “Personalização” e, na coluna à esquerda, selecione “Iniciar” e ligue/desligue os botões da porção direita da janela para fazer os ajustes desejados.

Observação: Desligar o botão sob “Mostrar os aplicativos mais usados”, por exemplo, remove a lista dos aplicativos abertos com frequência (à esquerda do menu Iniciar); ativar a opção “Usar tela inteira de Iniciar” faz com que o menu Iniciar seja exibido em tela cheia, ocupando toda a área de trabalho. Clique em “Escolher quais pastas são exibidas em Iniciar” para alterar os atalhos fixados na coluna à esquerda do menu Iniciar (você pode remover os itens “Explorador de Arquivos” e “Configurações”, que vêm ativados por padrão, e acrescentar outros, como “Músicas”, “Documentos”, “Imagens” e outros mais.

Quem não gostar dos live tiles pode remover todos eles e deixar no menu Iniciar somente os atalhos essenciais.

E como hoje é sexta-feira:


Bom f.d.s. a todos.
Postar um comentário