terça-feira, 11 de outubro de 2016

O COMPUTADOR TRAVOU? TENTE ESTA SOLUÇÃO RÁPIDA E PRÁTICA

A SORTE DOS GOVERNANTES É QUE OS HOMENS NÃO PENSAM.

Abro aqui um parêntese na sequência sobre Sistemas Operacionais nesta véspera de feriado para publicar a dica a seguir:

É certo que as versões mais recentes do Windows travam bem menos do que as antigas, mas nem por isso estamos totalmente livres de um congelamento eventual, que às vezes acontece não por culpa do sistema, mas de algum aplicativo malcomportado.
O lado bom da história é que geralmente basta reiniciar o computador para tudo voltar a ser como antes no quartel de Abrantes, mas não custa nada, antes, tentar solucionar o problema de uma maneira mais fácil e rápida.

O primeiro passo é abrir o Gerenciador de Tarefas do Windows. Para isso, caso o mouse esteja operacional, dê um clique direito num ponto vazio da Barra de Tarefas e selecione a opção Gerenciador de Tarefas (se o mouse não estiver respondendo, experimente pressionar simultaneamente as teclas Ctrl+Shift+Esc, ou ainda Windows+R digitar taskmgr na caixa de diálogo do menu Executar e teclar Enter).

Com a tela do Gerenciador aberta na aba Processos, localize a entrada explorer.exe (no Windows 10, role a tela até a seção Processos do Windows e procure por Windows Explorer), dê um clique direito sobre ela e clique em Finalizar Processo ― se o mouse estiver inoperante, use as setas do teclado para selecionar o processo em questão). Em seguida, clique em Arquivo > Executar nova tarefa, digite explorer.exe na caixa Abrir e clique em OK (ou pressione a tecla Enter).

Observação: Pode acontecer de um aplicativo qualquer travar, e você não conseguir encerrá-lo da maneira convencional (clicando no X vermelho). Nesse caso, abra o Gerenciador de Tarefas, localize o processo relacionado ao programinha rebelde, clique sobre ele com o botão direito e selecione a opção Finalizar Tarefa (melhor ainda é clicar em Finalizar árvore de processos ― note que, no Windows 10, essa opção só aparece quando você clica no processo a partir da aba Detalhes).

Na quinta-feira eu retomo dou sequência ao assunto que vinha tratando nas postagens anteiores. Bom feriado a todos e até lá.

Confira minhas atualizações diárias sobre política em www.cenario-politico-tupiniquim.link.blog.br/

4 comentários:

Martha disse...

Oi Fernando
Excelente post, mais uma vez!!!
Tive dois momentos de tensão nesses dias quando liguei o PC:mensagem dizendo que houve um problema e teria que reiniciar o bicho.
Já começo a rezar...rsrsrs
Já basta o stress diário....
Bjs, obrigada sempre e bom feriado!!!

Anônimo disse...

Meu Windows 7 morre de medo do gerenciador de tarefas: Toda vez ele trava, aciono um ctrl+alt+del e ele volta sem nem mesmo mandar encerrar programa algum.
Coisas do Windows.

[ ]

Fernando Melis disse...

Oi, Martha.
Windows: A emoção nossa de cada dia (risos).
Beijos, querida, e até mais ler.

Fernando Melis disse...

Oi, Anônimo.
Nas versões mais recentes do Windows, o atalho que leva diretamente ao Gerenciador de Tarefas é Ctrl+Shift+Esc. O famoso (e outrora temido) Ctrl+Alt+Del abra um leque maior de opções, que... Enfim, nem sei porque estou dizendo isso. O que eu pretendia era cumprimentá-lo pelo adestramento, pelo temor reverencial que você incutiu no seu sistema (risos).
Brincadeiras à parte, é certo que, como eu disse na postagem, as versões mais recentes do Windows travam bem menos que as velhas 9.x/ME, mas "shit happpens".
Ah, e a dica que eu dei (sobre reiniciar e processo Windows Explorer - ou explorer.exe, conforme a versão do sistema - também é uma mão na roda quando a gente configura a barra de tarefas para se auto ocultar e, do nada, ela resolve deixar de obedecer ao comando. Isso será objeto de outra postagem, acho que lá para o final do mês.
Abraços, volte mais vezes e escreva sempre que quiser.