terça-feira, 25 de outubro de 2016

SE VOCÊ ACHA QUE É SÓ NO BRASIL QUE A JUSTIÇA É FORÇADA A JULGAR QUESTÕES ABSURDAS, LEIA ESTA POSTAGEM

HÁ MOMENTOS EM QUE A MAIOR SABEDORIA É PARECER NÃO SABER NADA.

Que John McAfee está constantemente envolvido em polêmicas todos sabem, mas seis anos depois de a Intel ter comprado o antivírus McAfee ― por US$ 7,68 bilhões ―, seu fundador agora briga na Justiça pelo direito de usar o próprio nome.

O que acontece é que o executivo, atualmente CEO da MGT Capital Investments, deseja mudar o título da companhia para John McAfee Global Technologies, o que está em desacordo com o contrato assinado durante as negociações para a venda da empresa de antivírus, segundo a Intel. "A Intel adquiriu a McAfee anos atrás e considera que o nome da empresa não pode ser usado em outras soluções de segurança", explicou a gigante da tecnologia em comunicado.

De qualquer forma, John McAfee e a MGT querem provar judicialmente que o sobrenome do executivo pertence a ele. Segundo alguns rumores, apesar de a Intel não utilizar o nome McAfee em sua plataforma desde 2014, quando passou a chamá-la de "Intel Security", é possível que tenha interesse em preservá-lo como um reforço de confiabilidade para possível venda futura.

Quem vencerá essa batalha? Façam suas apostas.

Fonte: Canaltech


CURTAS, MAS RELEVANTES

O laranja de Lula, Jonas Suassuna, movimentou 750 milhões de reais entre 2004 e 2016 ― só em despesas não declaradas, o sócio do Lulinha torrou mais de 400 mil reais por mês. A Oi, controlada pela Andrade Gutierrez e por Carlos Jereissati (e que comprou a empresa de Lulinha), repassou 76 milhões de reais a Jonas Suassuna. É o que mostra um laudo da PF anexado ontem ao inquérito sobre o sítio em Atibaia. Duas perguntas:

1 – Jonas Suassuna ainda está solto?

2 – Ele já arrumou um emprego no Uruguai?

Lulinha mora num apartamento de Jonas Suassuna. O laudo da PF diz que eles nunca assinaram um contrato, e que o aluguel de um apartamento daquele tipo pode ser estimado em 40 mil reais mensais. Mas Lulinha repassou apenas algumas mensalidades de 15 mil reais a Jonas Suassuna, de modo esporádico: “Essas transferências não contemplam todos os meses do período de maio de 2014 fevereiro de 2016, assim como seriam em valor inferior à estimativa realizada pelo fisco federal para valor do aluguel do imóvel”.

Luleco teve uma “movimentação bancária incompatível” com sua renda, de acordo com a PF. O treinador uruguaio gasta muito mais do que ganha: a PF descobriu que, em 3 de junho de 2013, ele fez duas compras com seu cartão de crédito, que somaram 56.199 reais. Dias depois, ele fez mais duas compras por 31.816 reais. Outros dias depois, outros 36.572 reais. Dizem os peritos da PF: “A evolução patrimonial a descoberto atinge valores superiores a 200 mil reais, quantia essa significativa frente à posição patrimonial do investigado”.

E Lula lá (lau), em cana.


Com conteúdo de O Antagonista.

Confira minhas atualizações diárias sobre política em www.cenario-politico-tupiniquim.link.blog.br/
Postar um comentário