quinta-feira, 18 de maio de 2017

DE OLHO NO DESEMPENHO DO PC (PARTE III)

NO INÍCIO DA NOITE DESTA QUARTA-FEIRA, UM FURO JORNALÍSTICO DE O GLOBO CAIU COMO UMA BOMBA SOBRE O NÚCLEO DO PODER EM BRASÍLIA.

COMO SE JÁ NÃO BASTASSE A POSSÍVEL CASSAÇÃO DA CHAPA PELA QUAL FOI ELEITO VICE DA EX-PRESIDENTE PETRALHA, TEMER AGORA É ALVO DE UM PEDIDO DE IMPEACHMENT PROTOCOLADO PELO DEPUTADO ALESSANDRO MOLON ― QUE AINDA PENDE DE APRECIAÇÃO PELO PRESIDENTE DA CÂMARA, DEPUTADO RODRIGO MAIA.

O IMBRÓGLIO RESULTOU DO ACORDO DO COLABORAÇÃO DE JOESLEY E WESLEY BATISTA, DPMPS DA JBS

AINDA NÃO SABE SE O ACORDO JÁ FOI HOMOLOGADO PELO MINISTRO EDSON FACHIN, MAS SABE-SE QUE OS IRMÃOS BATISTA AFIRMAM TER UMA GRAVAÇÃO NA QUAL TEMER AUTORIZA A COMPRA DO SILÊNCIO DO EX-TODO PODEROSO DEPUTADO EDUARDO CUNHA. 

O DIÁLOGO TERIA ACONTECIDO ENTRE O PRESIDENTE E JOESLEY. NA CONVERSA, TEMER INDICA O DEPUTADO E COLEGA DE PARTIDO RODRIGO ROCHA LOURE PARA RESOLVER UM ASSUNTO DA J&F ― HOLDING QUE CONTROLA A JBS ― E, EM DETERMINADO TRECHO DA GRAVAÇÃO, O EMPRESÁRIO DIZ QUE ESTÁ PAGANDO UM VALOR MENSAL EM TROCA DO SILÊNCIO DE CUNHA E DO OPERADOR LÚCIO FUNARO. AO QUE TEMER RESPONDE: “TEM QUE MANTER ISSO, VIU?

POR ENQUANTO, É O QUE SE SABE. O RESTO É MERA ESPECULAÇÃO. VOLTAREI AO ASSUNTO PELA MANHÃ, NA MINHA COMUNIDADE DE INFORMÁTICA, MAS NÃO DEIXAREI DE ATUALIZAR TAMBÉM ESTE POST.

ATÉ LÁ, LEIA NA ÍNTEGRA O FURO DO JORNALISTA LAURO JARDIM. O LINK É https://oglobo.globo.com/brasil/dono-da-jbs-grava-temer-dando-aval-para-compra-de-silencio-de-cunha-21353935

ATUALIZAÇÃO 18/05 09h30min: http://cenario-politico-tupiniquim.link.blog.br/caderno/o-governo-que-se-arrastava-agora-agoniza-123689.html 

NÃO EXISTE MULHER MEIO GRÁVIDA NEM MORAL ELÁSTICA.

Sem embargo do que foi dito nas últimas postagens, veremos a seguir alguns conceitos simples e procedimentos idem, visando minimizar o impacto do tempo e do uso normal do computador no sistema.

Primeiramente, vale lembrar que o Windows precisa de espaço para trabalhar. Embora os discos rígidos dos PCs de fabricação recente sejam capazes de armazenar de 500 GB a 1 TB de dados, não é incomum os usuários, confiando na “infinitude” desse espaço, manterem centenas (ou mesmo milhares) de arquivos volumosos no HD, tais como imagens, músicas, clipes de vídeo, filmes, etc. Em sendo o seu caso, passe em revista seus guardados, mantenha apenas o que precisa mesmo ser armazenado localmente e despache o restante para a nuvem ou para um HD externo, ou então grave esse excedente (notadamente músicas e filmes) em mídia óptica.

Lembre-se de que é importante manter livres pelo menos 20% do espaço total do disco, e que o próprio sistema operacional e demais aplicativos já consomem uma boa parte da capacidade do drive. Para saber quanto espaço livre resta no seu HD, abra o explorador de arquivos do Windows, dê um clique direito no ícone que representa sua unidade de sistema, clique em Propriedades e analise o gráfico em forma de pizza.

Observação: Repare que, nessa mesma janela, você pode comandar a limpeza do disco. Para saber mais sobre essa ferramenta, clique aqui.

Se o espaço ocupado for maior que 60%, faça uma faxina em regra, começando pelos arquivos inúteis ou redundantes e seguindo pelos aplicativos ociosos (aqueles que você não usa ou usa muito raramente). A desinstalação de programas é um procedimento simples, mas você obterá melhores resultados com uma ferramenta dedicada, como o Revo Uninstaller ― mesmo a versão gratuita faz uma varredura profunda e elimina a maior parte dos resíduos que os desinstaladores nativos dos aplicativos costumam deixar para trás. Para saber mais sobre a desinstalação de programas, reveja esta postagem.

Amanhã tem mais. Até lá.

SOBRE LULA, DILMA E A CASSAÇÃO DA CHAPA DILMA-TEMER

Após analisar novas provas colhidas com lobistas investigados na Operação Zelotes, a Polícia Federal indiciou o ex-presidente Lula por suspeita de corrupção passiva em esquema envolvendo a compra de medidas provisórias, que teria movimentado R$ 6 milhões. A denúncia foi formalizada ontem, e, além do molusco, outras 12 pessoas serão alvo de investigação. E outro inquérito pode advir das contradições no depoimento do molusco ao juiz Moro, na última quarta-feira. Em sendo aceitas essas denúncias, o molusco passará de penta para hepta-réu. Vamos acompanhar.

Ter choramingado por ser tratado como figura decorativa, na carta que enviou no ano passado à então presidente Dilma, pode ser a salvação de Michel Temer no processo de cassação da chapa, cujo julgamento, segundo o sempre informativo ministro Gilmar Mendes, deve ocorrer no início do mês que vem. Na avaliação de Nicolao Dino, vice-procurador-geral Eleitoral, inexistem nos autos elementos que associem o atual presidente aos financiamentos ilegais da campanha revelados pelos executivos da Odebrecht, ou mesmo indicando que ele tivesse conhecimento da prática de qualquer ilícito. Portanto, Dino pede a cassação da chapa, mas com penas distintas: a anta vermelha ficaria inelegível por oito anos, e o peemedebista continuaria na presidência e com seus direitos políticos intactos. 

O julgamento, que foi adiado em abril, será retomado com dois novos ministros: Admar Gonzaga no lugar de Henrique Neves e Tarcísio Vieira de Carvalho no da ministra Luciana Lóssio. Mas nada garante que a coisa avance, já que qualquer um dos dois poderá pedir vista do processo, que tem 29 volumes com depoimentos de mais de 50 testemunhas. Por outro lado, fala-se que o TSE tem interesse em resolver a pendenga o quanto antes, devido à insegurança política que ela representa. À luz do conjunto probatório ― e dos depoimentos de João Santana e Monica Moura, que foram colacionados aos autos ―, salta aos olhos o abuso de poder econômico o uso de dinheiro desviado de obras públicas na campanha de 2014. Como a chapa é una e, em tese, indivisível, separar as punições seria uma decisão nada ortodoxa. Mas mais heterodoxo ainda seria não punir nenhum dos dois ― o que pode perfeitamente acontecer, bastando prosperar o entendimento de que, com o impeachment de Dilma, a ação perdeu o objeto. Em se tratando do Brasil, nada surpreende.

Ainda sobre a anta vermelha: fala-se que Dilma tenciona se candidatar ao Senado nas próximas eleições. Parece que ela herdou de seu mentor e predecessor não só a vocação para a comédia, mas também a tendência a devaneios. Ainda que a decisão do TSE mantenha seus direitos políticos ― que já deveriam ter sido cassados por ocasião do julgamento do impeachment ―, seria preciso combinar com os eleitores do RS, e 70% deles, segundo levantamento feito pelo Paraná Pesquisas, não votariam de jeito nenhum na aberração em forma de gente. Enfim, diz um velho ditado que, se desejos fossem cavalos, mendigos cavalgariam

Confira minhas atualizações diárias sobre política em www.cenario-politico-tupiniquim.link.blog.br/
Postar um comentário