quinta-feira, 18 de maio de 2017

O GOVERNO ACABOU - EDIÇÃO EXTRAORDINÁRIA

Depois que o dono da JBS ofereceu à Justiça a gravação em que Temer avaliza a compra do silêncio de Eduardo Cunha e indica o deputado Rodrigo Loures para resolver uma pendência do grupo, o governo que se arrastava passou a agonizar (veja mais detalhes na minha postagem desta manhã).

Temer não foi o único atingido por essa delação ― que, curiosamente, foi negociada, concluída e homologada em menos de 3 meses, enquanto a da Odebrecht levou 10 meses e a da OAS se arrasta há mais de um ano. A caca respingou também em Aécio Neves, que teria pedido (e recebido) R$ 2 milhões da JBS para pagar os advogados encarregados de sua defesa. Fala-se também que Joesley Batista teria injetado R$ 60 milhões na campanha do tucano à presidência, além de comprar o apoio de partidos políticos.

Hoje pela manhã, a irmã de Aécio e seu primo Frederico Pacheco de Medeiros, o Fred ― que teria sido filmado recebendo o dinheiro da propina ― foram presos em BH. Aécio foi afastado pelo ministro Fachin, que não pediu sua prisão preventiva. O plenário do Supremo deve se pronunciar a qualquer momento sobre a situação do senador e presidente do PSDB.

Espera-se que Temer faça um pronunciamento à nação a qualquer momento. Ele está reunido desde cedo com assessores. Rodrigo Maia também foi chamado para essa reunião, e como é ele quem assume a presidência no caso de Temer renunciar ou ser afastado, há muita especulação (talvez Temer tenha a grandeza de renunciar, coisa que Dilma não fez, mas isso já é outra história).

O país entrou em convulsão. A Bovespa caiu quase 10 pontos, e o dólar subiu feito rojão. O Congresso está paralisado e as discussões sobre as reformas (da Previdência, Trabalhista, etc.) foram suspensas. Para a maioria dos analistas, o governo ruiu, e uma eleição indireta deveria ser feita no prazo de 30 dias, como manda a Constituição, para definir os nomes do presidente e do vice-presidente que assumiriam o comando do país até dezembro do ano que vem.

Em tese, nada disso deveria afetar o julgamento chapa Dilma-Temer pelo TSE, marcado para o próximo dia 6. Na prática, todavia, a decisão dos magistrados certamente será contaminada pelos fatos acachapantes que vieram à luz na noite de ontem ― e continuam brotando como merda de privada entupida. O jeito é acompanhar o desenrolar dos acontecimentos. Volto a postar atualizações assim que houver novidades relevantes.

ATUALIZAÇÃO - 16h00:

TEMER ESTÁ PRONTO PARA ANUNCIAR SUA RENÚNCIA. ESPERA-SE QUE O FAÇA AINDA HOJE, NO INÍCIO DA NOITE. ELE JÁ CONVERSOU A RESPEITO COM ALGUNS MINISTROS DE ESTADO E ACOMPANHA PESSOALMENTE A REDAÇÃO DO PRONUNCIAMENTO QUE INFORMARÁ O PAÍS A RESPEITO.
 
RODRIGO MAIA JÁ FOI AVISADO E ASSUMIRÁ INTERINAMENTE A PRESIDÊNCIA, COMO PREVÊ A CONSTITUIÇÃO. 

MENOS MAL QUE SEJA ASSIM. O BRASIL NÃO SUPORTARIA MAIS UM LONGO E CONTURBADO PROCESSO DE IMPEACHMENT.

ISTO POSTO, TEREMOS ELEIÇÕES INDIRETAS ― PELO CONGRESSO. 

FICA AGORA A PERGUNTA: QUE SERÁ QUE IRÁ GOVERNAR O PAÍS ATÉ O FINAL DE 2018?
 
FAÇAM SUAS APOSTAS.


ATUALIZAÇÃO - 16h30

TEMER RESOLVEU NÃO RENUNCIAR

Ao falar à nação, o presidente disse que não irá renunciar e citou os avanços econômicos obtidos durante a sua gestão. 

— Meu governo viveu essa semana seu melhor e o seu pior momento. Ontem contudo, a revelação de conversa gravada clandestinamente trouxe o fantasma de crise política de proporção ainda não dimensionada. Não podemos jogar no lixo da história e o avanço do País. Repito e ressalto, em nenhum momento autorizei e não comprei o silêncio de ninguém, pela razão que não temo nenhuma delação, nada tenho a esconder e sempre honrei meu nome.

O presidente concluiu dizendo que irá se defender no STF e que provará a sua inocência. 
 
Houve especulação sobre a renúncia. Temer pediu para ter acesso aos áudios entregues por Batista em sua delação, que foi homologada pelo ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato nesta quinta. 

Apesar de não ter tido acesso aos áudios, Temer optou por manter o seu pronunciamento e afastar a hipótese da renúncia. 

NOVOS CAPÍTULOS DESSA NOVELA A QUALQUER MOMENTO. 
 
Confira minhas atualizações diárias sobre política em www.cenario-politico-tupiniquim.link.blog.br/
Postar um comentário