sexta-feira, 9 de junho de 2017

O WINDOWS 10 AINDA MELHOR (Parte 3)

O QUE SE LEVA DESTA VIDA É A VIDA QUE A GENTE LEVA.


Nunca é demais lembrar: embora o Windows disponha de ferramentas nativas para limpeza do disco, correção de erros e desfragmentação dos dados, melhores resultados são obtidos quando usamos suítes de manutenção dedicadas. As minhas preferidas são o Advanced System Care, o Glary Utilities, o Steganos Tuning Pro e o CCleaner, mas para limpar e compactar o Registro ― tarefa para a qual o Windows não oferece de uma ferramenta nativa ― eu não abro mão do Wise Registry Cleaner.

Observação: As suítes citadas no parágrafo anterior foram avaliadas e comentadas no Blog; para mais informações, digite os respectivos nomes (um de cada vez, naturalmente) no campo de buscas e tecle Enter. Eu costumo facilitar o trabalho do leitor colocando os respectivos links, mas, como pouca gente clica neles; resolvi deixar a pesquisa para quem interessar possa.   

Vale relembrar também que a função de um Sistema Operacional é controlar o computador e dar suporte aos aplicativos. O Windows vai além, com um vasto leque de penduricalhos (cliente de email, agenda, editores de texto e imagens, antivírus, firewall, e por aí vai), mas seus recursos nem sempre estão à altura das nossas necessidades, tornando inevitável o uso de programas de terceiros. O problema é que todo aplicativo, qualquer que seja ele, ocupa espaço no disco e consome memória, ciclos de processamento e outros recursos valiosos, sem mencionar que podem conflitar entre si ou com o próprio sistema operacional, causando lentidão, instabilidade e travamentos recorrentes.

Observação: Freewares são uma tentação, mas o bom senso recomenda instalar somente aquilo que for realmente necessário. Até porque muitos desses programinhas vêm recheados de PUPs ― que se instalam sub-repticiamente, sem consentimento ou conhecimento do usuário, podem ser difíceis de remover.

Antes de instalar um software qualquer, veja se não existe um serviço baseado na Web que atenda às suas necessidades (desde que você disponha de uma banda larga decente, naturalmente). Como eles rodam a partir do seu navegador de internet, consomem menos recursos do computador do que seus equivalentes residentes, além de não exigirem qualquer tipo de instalação.

Por último, mas não menos importante: de tempos em tempos, reveja sua lista de programas instalados e remova tudo aquilo que você não usa. Remover programas é um procedimento simples, mas que costuma deixar resíduos e minar a performance do sistema como um todo. Portanto, em vez do desinstalador do próprio programa (ou do Windows, que geralmente funciona como um atalho para o desinstalador do aplicativo), use o Revo Uninstaller ou o IOBit Uninstaller, dentre outros, que fazem um trabalho mais aprimorado (mais detalhes nesta postagem).    

E como hoje é sexta-feira:

No aeroporto, prestes a embarcar para uma viagem de negócios, o marido pergunta à esposa:
- Querida, você prefere que eu lhe mande notícias por telefone, torpedo ou email?
A mulher responde:
- De preferência por transferência bancária.

********************************************************************************
A conclusão a que se chega após o terceiro dia do julgamento de Temer (vamos combinar que essa história de “chapa” já deu o que tinha a dar; o que está em jogo é o mandato do peemedebista e ponto final) é de que há mais advogados de defesa do que juízes naquela Corte.

A despeito de todo o esforço do relator, somente os ministros Luiz Fux e Rosa Weber parecem predispostos a acompanhar seu voto (do qual este que vos escreve, do alto de sua ignorância, discorda somente da parte que se refere à realização de eleições diretas). Os demais magistrados, capitaneados pelo grandiloquente Gilmar Mendes, têm opinião formada, e, para não se submeterem ao vexame de julgar ao arrepio das provas, resolveram simplesmente não as admitir. É como dizer “olha, o sujeito invadiu a casa e roubou um roubou um ovo porque tinha fome, coitado; então, o que se discute é invasão de domicílio e roubo ― é certo que, durante a fuga, o cara matou o dono da casa, a mulher, os três filhos, o cachorro e o papagaio, mas isso não vem ao caso”.

Salta aos olhos que os ministros contrários à inclusão das provas das delações dos executivos da Odebrecht estão querendo beneficiar o presidente, e que fingem descaradamente que nada houve de errado do ponto de vista eleitoral na campanha de 2014, que caixa 1 com propina não é ilegal, e por aí afora. Ora, se fecham os olhos para os depoimentos da Odebrecht ― autorizados pelo próprio Tribunal ―, é porque não querem ver as ilegalidades, porque estão ali com um objetivo predefinido, e que farão o que for preciso para alcançá-lo. Para colocar em português claro: estão cagando e andando para as provas, para a Lei e para a opinião pública.

Sobrando tempo e jeito, assista ao vídeo a seguir (é curtinho, mas esclarecedor).



Para encerrar em grande estilo, minha homenagem a Michel Temer:


Confira minhas atualizações diárias sobre política em www.cenario-politico-tupiniquim.link.blog.br/
Postar um comentário