domingo, 21 de janeiro de 2018

LULA VOLTA A "ESBANJAR ERUDIÇÃO" AO ATACAR PRESIDENTE DO TRF-4


Se o caríssimo leitor (ou caríssima leitora) já está de saco cheio de ler sobre Lula e o TRF-4, imagine com estou eu, de escrever sobre esse assunto.

Como hoje é domingo, eu ia ficar somente nas charges que ilustram este post e na remissão para o clipe abaixo ― que explica de forma didática como será o julgamento em Porto Alegre, na próxima quarta-feira. Confesso que até pensei em dedicar algumas linhas à pré-candidatura de COLLOR à presidência (puta que pariu!, só faltava mais essa!), mas aí vi no site de Veja que Lula voltou a assassinar a história ao investir contra o presidente do TRF-4 e não resisti à tentação de reproduzir a nota.

 Disse o sacripanta [sobre o desembargador Carlos Eduardo Thompson Flores, presidente do TRF-4]: “Esse cidadão é bisneto do general Thompson Flores, que invadiu Canudos e matou Antônio Conselheiro. É da mesma linhagem. Quem sabe esteja me vendo como cidadão de Canudos.”

Com apenas 171 caracteres, incluindo os espaços, a passagem aclamada da fala de Lula contém três mentiras, como revelou a revista: 1) Flores não é bisneto de Tomás Thompson Flores, é sobrinho trineto; 2) Tomás Thompson Flores não era general à época da guerra de Canudos no final do século XIX, era coronel; 3) Tomás Thompson Flores não matou Antônio Conselheiro pelo simples fato de ter morrido em combate três meses antes de sua suposta “vítima”.

Os devotos do líder messiânico chamarão as mentiras de erros irrelevantes, meros lapsos de memória. Cadê a prova disso?

E Lula lá (na cadeia).


E ouça mais este:


Visite minhas comunidades na Rede .Link:
Postar um comentário