sexta-feira, 27 de outubro de 2006

Outlook Express - Controles de segurança (scripts, activeX) e bloqueio de remetentes

A despeito de havermos apresentado diversas informações sobre o Outlook Express (ou talvez por conta disso), alguns leitores postaram dúvidas sobre como tratar determinadas questões de segurança. Assim, vale dizer que, no Outlook Express, as zonas de segurança permitem ao usuário determinar se o conteúdo ativo (como scripts e controles ActiveX) pode ou não ser executado a partir de emails HTML. Você pode escolher um nível de segurança moderado, que permita a execução da maior parte do conteúdo ativo, ou um nível de segurança mais restritivo. Para fazer isso:

No menu Ferramentas, clique em Opções e, em seguida, clique na guia Segurança. Na seção Zonas de segurança, escolha uma zona de segurança do Internet Explorer. Feito isso, ajuste o nível de segurança - dessa e das demais zonas. Note ainda que as configurações de segurança feitas no Internet Explorer também se aplicam ao Outlook Express. Então, no menu Ferramentas do Internet Explorer, clique em Opções da Internet e ajuste as configurações na guia Segurança.
Também é possível controlar os e-mails e as mensagens de notícias recebidas no OE definindo níveis de segurança. Embora já tenhamos dito isso, vale repetir que, para bloquear mensagens de remetentes ou de domínios específicos (o domínio é o nome que aparece após o símbolo @ de um endereço de e-mail), você deve fazer o sequinte:

Na caixa de entrada de email ou na lista de mensagens de um grupo de notícias, selecione uma mensagem do remetente que você deseja bloquear e, no menu Mensagem, clique em Bloquear remetente. Para remover remetentes ou um domínios da lista de remetentes bloqueados, no menu Ferramentas, aponte para Regras para mensagens e clique em Lista de remetentes bloqueados. Selecione o remetente ou o domínio e clique em Remover.
Note que esse bloqueio se aplica a e-mails POP padrão, mas não a mensagens HTTP ou IMAP.

Aproveitando a oportunidade, vejamos como introduzir um hiperlink num e-mail. Hiperlinks, como você sabe, funcionam como "portas virtuais" que nos levam a outro lugar (ou abrem um novo espaço). Eles podem ser inseridos num texto, botão, palavrra etc. Para fazer isso:

Abra uma nova mensagem, escreva a palavra desejada, selecione-a (dê dois cliques rápidos sobre ela), vá até o menu Inserir e escolha a opção Hiperlink. Na próxima janela, escolha a opção desejada; as mais usadas são "mailto:" e "URL:". Para e-mail, selecione a opção "mailto:" e introduza o endereço desejado.
Assim, quando o destinatário clicar na palavra, o programa de e-mail (dele) será aberto com o endereço de e-mail já preenchido no campo "Para". Para URL, proceda do mesmo modo e, no espaço onde está escrito http://, coloque o endereço do site desejado. Isso remeterá o destinatário da mensagem para o site escolhido, ou seja, quando clicar na palavra, seu (dele) navegador se abrirá e carregará a página web em questão.
Postar um comentário