terça-feira, 13 de novembro de 2007

Process Explorer

Embora o Windows embuta uma porção de recursos nativos para os mais variados fins, alguns nos passam despercebidos e outros, devido à sua complexidade, são até mesmo evitados por usuários mais precavidos. Então, para quem acha o Gerenciador de Tarefas do XP incompleto ou obscuro, uma boa idéia é usar o Process Explorer. Com essa ferramenta (desenvolvida pela empresa Sysinternals, que foi adquirida pela Microsoft em meados do ano passado), fica bem mais fácil explorar tudo que roda em segundo plano em seu sistema e descobrir, por exemplo, o que está impedindo um programa de ser finalizado, ou se "aquele executável de nome esquisito" é um malware.
O Process Explorer dispensa instalação - é apenas um arquivo executável que você pode manter na sua área de trabalho e abrir quando quiser, mediante duplo clique do mouse- e sua interface consiste numa janela dividida em duas porções: a superior lista os processos ativos no momento (incluindo os nomes de suas próprias contas); a inferior depende da configuração (se o programa estiver no modo de identificador, serão exibidos os identificadores abertos pelo processo selecionado na porção superior, se estiver no modo de DLL, você verá as DLLs e os arquivos mapeados para memória que o processo carregou).
Compatível com o Windows 9x/Me, XP e Vista, o programinha conta com um recurso de pesquisa eficaz, que mostra rapidamente quais processos têm DLLs carregadas ou identificadores abertos específicos, tornando-se uma ferramenta útil para prover informações sobre como o Windows e os aplicativos funcionam. Mais informações e download em http://www.microsoft.com/technet/sysinternals/default.mspx (em inglês).
Bom dia a todos e até mais.
Postar um comentário