terça-feira, 12 de abril de 2011

Pedro, Paulo ou João?

Desligar o computador constantemente pode comprometer a vida útil dos componentes (notadamente do HD), mas mantê-lo ligado por dias a fio também não é uma boa idéia – além do risco de uma interrupção inesperada no fornecimento de energia, as reinicializações periódicas ajudam a resgatar a performance que o sistema tende a perder após muitas horas de atividade ininterrupta.
No entanto, suas opções não se limitam simplesmente a desligar o PC ou deixá-lo ligado, já que você pode colocá-lo em espera ou em hibernação – aprimoramentos desenvolvidos originalmente para laptops, mas que estão disponíveis em qualquer aparelho moderno. O modo de espera é um estado de baixo consumo de energia no qual o sistema e os programas continuam carregados na RAM (via de regra, basta mover o mouse ou pressionar uma tecla qualquer para o Windows “despertar” e você voltar a trabalhar normalmente), ao asso que, na hibernação, o conteúdo da RAM é transferido para o HD e o computador é totalmente desligado (você pode até desconectá-lo da tomada).
A grande vantagem da hibernação em relação ao desligamento tradicional é que o processo de boot costuma ser mais rápido, e todos os aplicativos e telas ressurgem da maneira como se encontravam antes de o sistema "adormecer". Esses “estados” podem ser induzidos manualmente, via botão Desligar (pressione SHIFT na tela de opções, para que o botão "Em Espera" alterne para "Hibernar"), ou pré-configurados através da tela das “Opções de energia” (acessíveis via Painel de Controle), onde você pode ajustar o desligamento do monitor, dos discos e do PC como um todo.

Observação: O retorno do estado de espera é imediato, mas como o mouse é um dispositivo muito sensível, basta um movimento involuntário ou um esbarrão na mesa de trabalho para que o sistema “desperte” num momento indesejado. Para evitar isso, acesse o Painel de Controle, abra o miniaplicativo com o ícone do mouse, clique na guia “Hardware”, no botão “Propriedades”, na aba “Gerenciamento de Energia”, desmarque a caixa de verificação ao lado de “Este dispositivo pode ativar novamente o computador” e clique em OK.

Você pode criar diversos esquemas com intervalos de tempo distintos para o sistema entrar automaticamente em stand-by e/ou em hibernação. Para uso doméstico, uma boa idéia é definir o desligamento do monitor após 15 minutos de ociosidade, o stand-by após ½ hora e a hibernação após 1 hora. Note que, ao retornar da hibernação, o Windows pode exibir uma mensagem de erro do tipo "A REINICIALIZAÇÃO DO SISTEMA FOI INTERROMPIDA: CONTINUAR A REINICIALIZAÇÃO DO SISTEMA; EXCLUIR DADOS DE RESTAURAÇÃO E PROSSEGUIR PARA O MENU DE INICIALIZAÇÃO DO SISTEMA" (essa anormalidade geralmente acontece quando o computador acessa um instantâneo corrompido da memória, e você deve escolher a opção "Excluir dados ... etc." e deixar o sistema ser carregado normalmente).
Seja como for, não deixe de desligar o computador nos moldes convencionais de tempos em tempos (semanalmente, por exemplo), para que a memória RAM seja completamente esvaziada e o desempenho do sistema, restabelecido.
Bom dia a todos e até mais ler.
Postar um comentário