segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Meu Porta-Arquivos

Para quem manipula arquivos em dois ou mais computadores (no desktop e no notebook, por exemplo, ou no PC de casa e na máquina da empresa), o recurso "Meu Porta-Arquivos" pode ser uma mão na roda.
Presente no Windows a partir da versão 95 (e acessível através do ícone com a figura de uma pequena maleta), o Porta-Arquivos continua existindo no XP, embora seu ícone não apareça mais na Área de Trabalho - para restaurá-lo e incluir e incluir a função no menu contextual "Enviar para...", clique em Iniciar > Executar, digite "syncapp.exe" (sem as aspas) e dê OK.

Observação: é possível criar novos porta-arquivos clicando com o botão direito num ponto vazio do desktop (ou de qualquer pasta) e escolhendo a opção Novo > Porta-arquivos.

O Porta-Arquivos do Windows funciona como uma maleta do mundo físico, mas tem a vantagem adicional de organizar os arquivos automaticamente. Você pode copiar ou arrastar seus documentos e gráficos para dentro da pasta, mover o ícone para um pendrive ou qualquer outro dispositivo de mídia removível (ele desaparecerá de sua localização original, evitando que sejam criadas duas cópias da mesma pasta) e, depois, acessá-los e manipulá-los em outro computador. Note que é preciso tomar alguns cuidados - como evitar renomear arquivos ou reorganizar diretórios dentro do porta-arquivos, por exemplo (porque isso tornaria órfãos os arquivos originais e inviabilizaria a correta sincronização dos documentos).
Para saber mais sobre o Porta-Arquivos e a maneira correta de utilizá-lo, leia atentamente os tópicos relacionados na Ajuda do Windows.
Bom dia a todos e até amanhã.
Postar um comentário