terça-feira, 6 de novembro de 2012

Windows 7 - BACKUP e IMAGEM DO SISTEMA

Criar backups com as ferramentas nativas do Windows é um processo simples e intuitivo (clique aqui se você ainda usa o XP ou aqui se já migrou para o Seven).

Observação: Note que não será possível fazer backups do conteúdo de uma unidade nela mesma, nas partições de inicialização ou recuperação do sistema ou em qualquer unidade que não esteja formatada como NTFS. A “partição secundária” de que tratamos no parágrafo anterior é uma opção válida, mas como os dados podem ficar inacessíveis devido a uma falha física no disco, é melhor recorrer a um segundo disco rígido (interno ou externo) ou a pendrives de alta capacidade (mídias ópticas também servem, mas como o volume de dados pode exigir vários CDs/DVDs, só use essa alternativa em último caso).

Outra providência recomendável é criar imagens do sistema e discos de reparo.
A imagem – uma cópia fiel do sistema, programas, configurações e arquivos – permite restaurar o computador no caso de uma falha física (de hardware) impedir a inicialização do Windows. Você pode salvá-la num HD (interno ou externo) ou num pendrive de alta capacidade (desde que esses dispositivos sejam formatados em NTFS). Para tanto, acesse o Painel de Controle, clique em Sistema e Manutenção > Backup e Restauração > Criar uma imagem do sistema e siga as etapas do Assistente. Caso precise restaurar seu PC a partir de uma imagem, acesse o Painel de Controle, clique em Fazer backup do computador > Recuperar configuração do sistema ou o computador > Métodos de recuperação avançados > Usar uma imagem de sistema criada anteriormente e siga as instruções nas telas.

Observação: A restauração do computador a partir de uma imagem do sistema fará com que tudo volte a ser como era no momento em que a imagem foi gravada, razão pela qual você deve manter backups atualizados de seus arquivos pessoais.

Amanhã falaremos brevemente sobre o disco de reparo; abraços e até lá. 
Postar um comentário