quarta-feira, 18 de outubro de 2017

NOTEBOOK SEM CONEXÃO WI-FI? VEJA COMO RESOLVER ― Continuação

SE O VENTO SOPRAR DE UMA ÚNICA DIREÇÃO, A ÁRVORE CRESCERÁ INCLINADA.

Prosseguindo no assunto iniciado no post anterior, se você consegue navegar com o smartphone ou com o tablet (pela rede wireless, não pela 3G/4G/5G), mas não com o notebook, o problema não é na rede. Veja se o botão do Wi-Fi do note não está desativado. 

Note que, em alguns modelos, esse recurso é comandado por uma tecla de função ― geralmente F2, F5 ou F12 ―, identificada por uma antena em funcionamento (como na imagem que ilustra este post), e que pode ou não contar com uma luzinha (que fica acesa quando o Wi-Fi está ativo). Como a tecla Fn ― que, pressionada em conjunto com as teclas numéricas, fazem-nas assumir o papel de “teclas de função” ― fica ao lado da tecla com o logo do Windows, você pode ter desativado o Wi-Fi acidentalmente.

O problema não é esse? Bem, quanto mais próximo você estiver do roteador, melhor serão a qualidade e a intensidade do sinal. Posicioná-lo num ponto central da casa ― e elevado em relação ao piso ― minimiza a ocorrência de “áreas de sombra”, ainda que paredes, móveis e outros obstáculos físicos possam comprometer a conexão em determinados cômodos.

Curiosamente, o sinal que não chega até seu quarto ou varanda pode alcançar a casa ao lado ou apartamentos vários andares acima ou abaixo do seu, daí a importância de proteger a rede com senha e criptografia (mas isso é conversa para outra hora). Caso o roteador esteja cercado de obstáculos, como paredes, livros, móveis, etc., tente reposicioná-lo mais próximo ao teto ― ou comprar um repetidor de sinal (para mais informações, basta seguir este link).

Se o problema começou logo após você trocar seu telefone sem fio, por exemplo, é provável que ele seja o vilão da história, pois, se operar na mesma frequência do router, poderá interferir no sinal. Desconecte o telefone da linha; se o note acessar a internet, mude o canal do telefone e veja se isso resolve o problema.

Novos aplicativos também podem gerar conflitos. Se você adicionou algum programa no seu notebook, talvez seja ele o responsável. Aliás, atualizações do Windows também são suspeitas, pois podem envolver drivers de hardware. O computador depende de um driver específico para operar o Wi-Fi; se esse driver estiver faltando ou desatualizado, a conexão não se estabelece.

Como checar os drivers via Gerenciador de Dispositivos é complicado e trabalhoso, sugiro recorrer ao DriverMax ou ao Driver Booster, que não só identificam componentes com drivers desatualizados ou ausentes, mas também baixam e instalam as versões adequadas de forma rápida e segura. Ambos são disponibilizados gratuitamente, mas vale a pena comprar a licença, já que as versões pagas proporcionam diversas vantagens adicionais, como você pode conferir nesta postagem.

Os drivers estão ok? Então, se você consegue navegar com o smartphone ou o tablet, mas não com o notebook, dê um clique direito no ícone do Wi-Fi, na área de notificação do sistema (ao lado do relógio), e selecione Abrir a Central de Rede e Compartilhamento. Selecione a opção Solucionar Problemas e, com alguma sorte, o próprio sistema identificará a anormalidade e apresentará soluções para você ter sua rede operando novamente.

Era isso, pessoal. Espero ter ajudado.

Visite minhas comunidades na Rede .Link:
Postar um comentário