segunda-feira, 4 de agosto de 2008

De volta aos rootkits

Na postagem de 24 de setembro do ano passado, vimos que "Rootkits" são programinhas capazes de escamotear suas chaves no Registro e impedir que seus processos apareçam no Gerenciador de Tarefas do Windows, passando despercebidos aos olhos do usuário - e da maioria das ferramentas antivírus. Naquela oportunidade, dentre várias opções de ferramentas para identificação e neutralização desse tipo de ameaça, eu sugeri o Anti-RootKit da Panda, disponível em http://www.download.com/Panda-Anti-Rootkit/3000-2239_4-10717196.html?part=dl-PandaAnti&subj=dl&tag=button.
Volto agora ao assunto porque descobri que a McAfee também oferece algo similar - e igualmente gratuito -, que é o McAfee Rootkit Detective (para mais informações e download,
siga o link http://vil.nai.com/VIL/STINGER/RKSTINGER.ASPX).
Em termos de facilidade de uso, todavia, o programinha não é exatamente um primor, especialmente para quem não compreende inglês (as informações exibidas no site, no arquivo ReadMe.txt - que é criado durante a instalação - e os tópicos da ajuda estão todos no idioma do Tio Sam). Se você quiser algo mais simples e intuitivo, experimente o serviço on-line oferecido pela F-Secure (http://support.f-secure.com/enu/home/ols.shtml). Depois de clicar em "scan you computer for viroses", basta escolher o idioma português do Brasil, aceitar os termos da licença, definir a opção de varredura desejada e munir-se de paciência (o troço é demorado, mas segue adiante sem qualquer intervenção do usuário; ao final, é só escolher a modalidade de correção e visualizar o relatório).

Boa semana a todos.
Postar um comentário