segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

OneCare e informações desencontradas

O serviço gratuito Live OneCare, disponibilizado pela Microsoft em http://onecare.live.com/site/pt-br/default.htm, continua ativo e operante, mas sua versão resistente (e paga) foi descontinuada em meados do ano passado – conforme a gente já comentou em outras oportunidades.
Na condição de usuário do pacote de segurança em questão, ao final do prazo contratual eu fui agraciado com uma prorrogação gratuita (por mais seis meses, período esse que expirou recentemente), mas, às vésperas do “dia D”, o programa passou a exibir a informação de que minha assinatura tornaria a ser prorrogada automaticamente. Como o suporte do produto dá conta de que esse benefício é concedido uma única vez, entrei em contato com a Microsoft e fui informado de que não haveria outra “colher de chá”: com a cordialidade de praxe, a atendente me sugeriu fazer o download do Microsoft Essentials (http://www.microsoft.com/security_essentials/default.aspx) e reativar o Windows Defender e o Firewall do XP. No entanto, da feita que eu já havia adquirido uma licença do Norton 360, declinei da gentil oferta e removi o OneCare do meu sistema.
Curiosamente, algumas horas mais tarde me chegou um e-mail dando conta de que minha assinatura fora novamente prorrogada, mas a essa altura eu já havia “queimado as caravelas”: no momento em que ativei o Norton, os 366 dias de validade da assinatura começaram a ser contados, e ressuscitar o OneCare (que me serviu satisfatoriamente, é bom que se diga) implicaria perder seis meses de proteção de uma suíte indiscutivelmente mais completa e eficiente.
Enfim, faço esse relato apenas para alertar quaisquer leitores que utilizem o Live OneCare sobre uma possível segunda prorrogação gratuita da licença – como diz o ditado, quem tem pressa come cru; convém esperar até o final do prazo limite para remover o programa e partir para qualquer outra solução de segurança. Vale lembrar também que essa remoção deve ser procedida da maneira convencional, ou seja, via Painel de Controle > Adicionar ou Remover Programas. Caso a desinstalação não seja completada com êxito, visite http://download.microsoft.com/download/4/c/b/4cb845e7-1076-437b-852a-7842a8ab13c8/OneCareCleanup.exe, baixe o arquivo, salve-o em sua área de trabalho, dê duplo clique sobre ele, clique em Executar e em Continuar, aceite os termos do Contrato de Licença do Usuário Final, clique em Continuar e em Limpar. Quando a ferramenta de limpeza for concluída, clique em Reiniciar Agora, e tão logo o Windows torne a ser carregado, rode o CCleaner ou outro software de manutenção de sua preferência para eliminar possíveis resquícios indesejáveis.
Para finalizar, resta dizer que eu sempre tive em alta conta o suporte técnico e o atendimento ao cliente prestado pela Microsoft, de modo que me causou espécie essa disparidade de informações. No entanto, como dizia um velho conhecido meu, basta uma empresa estrangeira se estabelecer no Brasil para pegar os “vícios” de seus pares verde-amarelos.
Boa semana a todos e até amanhã, se Deus quiser.
Postar um comentário